Barreirinhas vista do rio

Barreirinhas – Porta de entrada para conhecer os Lençóis Maranhenses

Para visitar as dunas e lagoas dos Lençóis Maranhenses, é preciso se hospedar em alguma das cidades que ficam próximas ao parque que, como é uma área de proteção ambiental, não tem nenhuma estrutura para receber o turista. O principal ponto de partida para fazer os passeios é a cidade de Barreirinhas, mas também é possível ficar em Santo Amaro ou outras comunidades.

Quando eu estava me programando para essa viagem, fiz várias pesquisas na internet e acabei optando por Barreirinhas. O distrito, criado em 1871, foi emancipado em 1938. A inóspita região, que era acessada principalmente por barcos através do rio Preguiças, experimentou um desenvolvimento com a descoberta do potencial petrolífero e de gás na década de 1970. Duas décadas depois, com a divulgação das belezas naturais da região, começaram a aparecer ali empreendimentos turísticos.

Avenida Beira Rio
Avenida Beira Rio

Algumas pessoas que eu conheço que já tinham ido para lá me disseram que era uma cidade feia e sem graça, servindo apenas como ponto de partida dos passeios. Chegando lá, vi que a situação não é tão ruim assim. Na verdade, é como qualquer cidade pequena do interior do país. Não há grandes atrativos turísticos na cidade em si, mas é possível ter momentos agradáveis em uma caminhada na Avenida Beira Rio, onde se concentram os principais restaurantes. Também há vendas de artesanato local, principalmente na Galeria Arte da Terra, onde são comercializados produtos diversos feitos de renda ou palha de buriti.

Galeria Arte da Terra
Galeria Arte da Terra

Como a maioria dos turistas ocupam seus dias com os diversos passeios pela região, a cidade ganha mais vida à noite, quando os próprios moradores aproveitam para sair de casa e aproveitar o clima mais ameno. Na avenida à beira do rio, são dispostas diversas mesas e cadeiras e rola música ao vivo. Seja para sair para jantar, tomar um sorvete ou sentar para beber alguma coisa e relaxar, é o local ideal para aproveitar o tempo livre e recuperar as energias para o dia seguinte.

A maioria dos estabelecimentos aceita pagamentos em cartão de crédito. Já nos passeios, passamos por algumas barracas ou pessoas vendendo produtos nas ruas, então é necessário pagar com dinheiro. É importante ressaltar que a cidade não conta com todos os bancos, então é bom se planejar para sacar dinheiro antes de fazer a viagem.

Agência São Paulo Ecoturismo
Agência São Paulo Ecoturismo

Para os passeios, utilizei os serviços da agência São Paulo Ecoturismo, com quem eu fiz o Circuito da Lagoa Azul, o Circuito da Lagoa Bonita, Atins e Canto dos Lençóis, Passeio náutico pelo rio Preguiças e Flutuação no rio Formiga. Postei aqui no blog a minha opinião sobre a agência, que recomendo para todos que visitarem a região, bem como uma descrição de cada um dos tours.

Jardim e chalé
Pousada Sossego do Cantinho

A minha estadia foi fora do centro de Barreirinhas, na Pousada Sossego do Cantinho. A propriedade era uma delícia, com apenas quatro chalés privados distribuídos em um jardim bem cuidado, com os fundos dando para o rio Preguiças. A única desvantagem era mesmo estar distante da parte mais turística da cidade, mas mesmo isso tinha seu ponto positivo, visto que éramos os últimos a sermos buscados na hora do passeio, então ganhávamos mais tempo para tomar café da manhã ou almoçar. Na volta, éramos os primeiros a serem deixados de volta na hospedagem, pois não era necessário pegar a balsa para atravessar o rio.

Igreja Nossa Senhora da Conceição
Igreja Nossa Senhora da Conceição

Minha conclusão com relação à cidade é que ela realmente não é um destino turístico por si só, mas é possível aproveitá-la nos tempos vagos entre um e outro passeio. A internet é lenta, em muitos pontos o celular não dá sinal, não há tantas opções de entretenimento e nem mesmo museus, mas tem uns restaurantes bacanas, o clima fica mais agradável a noite e tem aquele ar de cidadezinha do interior – no censo de 2010 do IBGE, a população era de 53.746 habitantes. Não vá para lá com muitas expectativas e você pode até ser surpreendido.

O mapa interativo acima está marcado com todos os lugares que visitei da cidade e da região. Para aproximar, dê um zoom com o mouse e veja detalhes como os nomes das ruas. Clicando em cada um dos destaques, há um link para achar a postagem a que ele se refere.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s