Localização de Zurique no mapa mundi

Zurique – Geografia e clima

Zurique está situada no norte da Suíça, a 408 metros acima do nível do mar, tendo se desenvolvido a partir das margens do rio Limmat, cujas águas vem do lago Zürich. Seu centro histórico e geográfico é o bairro de Lindenhof, uma pequena colina natural na margem oeste do rio. Os limites da cidade velha são facilmente identificáveis pela presença do canal Schanzengraben. Esse curso de água artificial foi usado na construção da terceira muralha de proteção, nos séculos XVII e XVIII.

Ao todo, a área do município é de 91.88 km2, sendo que 4.1 corresponde ao lago Zürich. A parte mais densa está nas margens do rio, que corre de do sudeste para o nordeste, encontrando com o rio Sihl próximo ao Landesmuseum.

Mirante do Uetliberg
Mirante do Uetliberg

A parte mais alta da região é o monte Uetliberg, a 869 metros acima do nível do mar. O acesso ao local pode ser feito de trem e permite ter uma visão de 360° da região, principalmente se o visitante subir na torre com um observatório no topo. De lá é possível ver a cidade, os lagos e os alpes.

Quando ao clima, a cidade possui quatro estações bem definidas, com temperaturas amenas. Segundo a classificação Köppen-Geiger, Zurique tem um clima oceânico, também chamado clima temperado marítimo. Nessas regiões, as chuvas são abundantes e bem distribuídas ao longo do ano, sendo o verão bastante fresco e úmido. Os ventos que vem do oeste são os responsáveis por essas chuvas, enquanto os ventos do leste/nordeste trazem alta na pressão atmosférica e dias mais frios.

Gráfico com médias do clima
Gráfico com médias do clima

Como se pode observar no gráfico abaixo, as temperaturas variam bastante ao longo dos meses. Ressalto que esse é um gráfico de médias, então há dias bem mais quentes e bem mais frios do que as temperaturas mostradas. No verão, por exemplo, os termômetros podem chegar a máximas que ultrapassam os 30 graus. Durante o ano, há uma média de 75 dias com temperaturas abaixo de zero. Portanto, se você não gosta de frio, evite os meses de inverno, entre novembro a fevereiro.

O número de dias de chuva é bem estável durante o ano – basicamente, a cada três dias, um tem chuva. Essas precipitações são mais intensas nos meses de verão e, no inverno, chega a nevar na cidade.

landesmuseum-zurique-suica-predio

Outra coisa que varia bastante é a duração do dia, que fica abaixo das 9 horas no inverno, então amanhece tarde e anoitece cedo. Já no verão, os dias são longos e mesmo na primavera o sol só se escondia depois das 20h da noite, o que era ótimo para o dia render nos passeios externos. Os museus, as atrações e o comércio em geral, no entanto fechava lá pelas 17h, então era preciso sair de casa razoavelmente cedo para fazer aproveitar bem.

Boneco de neve brasileiro
Boneco de neve brasileiro

A época ideal para visitar a cidade vai variar do gosto de cada um. O inverno é frio e os dias duram menos tempo, então essa não seria a minha escolha – mesmo porque, se o objetivo é ver neve, isso poderá ser facilmente alcançado nas subidas aos alpes. Aliás, eu vi um pouco de neve acumulada também no Uetliberg, que nem é tão alto assim. O verão é quente e com dias longos, mas as chuvas são mais intensas, o que pode comprometer passeios nos parques, lagos e pelo centro histórico da cidade.

Zurique, Burkliplatz lago
Lago Zürich

O que posso dizer é que fiquei satisfeito com a minha escolha: cheguei lá nos últimos dias de abril, devidamente preparado para as temperaturas mais baixas. Era primavera e peguei dias de sol, no geral com temperaturas frias e agradáveis para o meu gosto pessoal. Aproveitei esses dias para fazer passeios no centro histórico e nos parques. Infelizmente, dentro da minha programação, não deu para fazer um passeio de barco no lago, mas passei pela Bürkliplatz para uma caminhada com vista para o Zürichsee. No dia que estava chovendo, aproveitei para visitar alguns museus, ficando a maior parte do tempo protegido. Geralmente viajo na primavera ou outono, pois assim também evito as épocas de alta temporada, quando tudo fica mais caro e as atrações turísticas mais cheias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s