Localização de Salvador no mapa mundi

Salvador – Geografia e clima

Conhecer a geografia e o clima de uma cidade é essencial no meu processo de planejamento para determinar não apenas a melhor época para fazer a viagem, mas também entender a extensão da área, onde se encontram os pontos turísticos e que tipo de transporte será usado para fazer os passeios. Além disso, acho que é uma oportunidade de conhecer melhor um local e toda informação é bem-vinda.

Baía de Todos os Santos
Baía de Todos os Santos

Embora ocupe uma superfície de quase 700 km2, sendo a 16ª maior capital brasileira em área, apenas metade disso representa a cidade em si, já que o restante diz respeito à Baía de Todos os Santos e outras áreas molhadas. Em meio a essa porção estão as Ilha de Maré, Ilha do Frades, Ilha do Bom Jesus dos Passos, Ilha de Santo Antônio, Ilhota dos Santos e Ilhota dos Coqueiros. Já o restante do território é formado por uma península em formato triangular que separa o oceano da baía, que recebeu seu nome por ter sido descoberta pelos portugueses no Dia de Todos-os-Santos. As águas representam um grande porto natural, um dos principais motivos para o estabelecimento ali da capital da colônia até 1763.

Elevador Lacerda
Elevador Lacerda

O relevo de Salvador conta com uma estreita faixa de planícies na beira-mar que se alarga em alguns pontos, mas é marcado, principalmente, pelo terreno acidentado e cortado por vales profundos. Sua característica mais notável é a grande escarpa, como é conhecido o declive muito íngreme entre dois níveis que forma um penhasco, que divide o espaço entre Cidade Baixa, onde se desenvolveu o bairro comercial e as atividades portuárias, e a Cidade Alta, com edifícios da administração pública, moradias e maior modernização, apesar de terem sido conservados casarões, sobrados, igrejas e palácios, principalmente no Pelourinho. Uma das opções para vencer a diferença de 85 metros de altura entre as duas “cidades” é usar o Elevador Lacerda. Criado em 1873 e expandido ao longo dos anos, o transporte se tornou um dos principais cartões postais do local. Também há os funiculares do Plano Inclinado Gonçalves e do Plano Inclinado do Pilar.

Praia do Farol da Barra
Praia do Farol da Barra

Obviamente também se destacam as suas praias, incluindo as famosas Praia de Itapuã, Praia dos Artistas, Praia do Farol da Barra e Porto da Barra. A temperatura agradável das águas, a beleza da paisagem e a boa estrutura, embora em algumas as barracas tenham sido demolidas por se encontrarem diretamente na areia, atraem tanto os turistas quanto a população local. Devido à realização da Copa do Mundo na capital, a orla ganhou extensas ciclovias e calçadão em 2014.

Pátio do forte
Forte de Santa Maria

A vegetação ao longo da orla marítima é formada por coqueiros e plantas rasteiras. Na cidade, um dos últimos remanescentes de mata atlântica se encontra em uma área pertencente ao governo federal, base do Exército Brasileiro. Também é realizado um trabalho de preservação do ecossistema de dunas, lagoas e restingas, enquanto a maior parte dos rios é contaminada por esgotos. Para pesquisar a qualidade da água do mar para banho, você pode acessar a página oficial do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – Inema.

Tabela com médias do clima

Salvador possui clima de floresta tropical, com chuvas abundantes durante todo o ano e sem uma estação seca bem definida – a tendência é de menos chuvas no verão. Basicamente, é possível visitar a cidade em qualquer época do ano, mas recomendo evitar os meses de abril a julho, quando as precipitações são mais constantes e fortes. Já o calor marca a presença o ano todo, com a temperatura média girando em torno dos 25° C. Apesar dos números elevados do termômetro, a brisa vinda do Oceano Atlântico faz com que o clima seja agradável (ou suportável, dependendo do seu nível de tolerância) mesmo nos dias mais quentes.

Centro de Artesanato do Pelourinho
Pelourinho

Com quase três milhões de habitantes e uma população que continua em crescimento, a capital da Bahia é o município mais populoso da região nordeste e o terceiro do país – isso sem contar a região metropolitana. Com a maior parte da população negra ou parda, essa é considerada a cidade com maior número de descendentes africanos no mundo, resultado do intenso tráfico de escravos. Isso também ocasionou o desenvolvimento de uma cultura que mistura elementos africanos, europeus e indígenas com grande influência na religiosidade, arquitetura, gastronomia, música, costumes e outros. Em resumo, uma rica viagem pela história do nosso país, mas bastante marcada pela desigualdade social e problemas como turismo sexual, desemprego, violência e criminalidade, crescimento desordenado com a formação de favelas, desrespeito ao meio ambiente e precariedade na iluminação pública e na saúde.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s