Praia do Farol da Barra

Salvador – Praia do Farol da Barra

Embora muitos dos pontos turísticos de Salvador se concentre no centro histórico, com destaque para o Pelourinho, a maioria dos turistas também irá visitar o bairro da Barra durante a sua estadia na cidade, já que ali estão alguns atrativos famosos. Não é à toa que muitos optam por ficar no bairro, que tem mais de duzentas opções de hospedagens entre hotéis, apartamentos, pousadas e albergues.

Reservar hotel na cidade

Mesmo para quem pretende visitar o centro ou fazer passeios nas praias mais distantes da cidade, ficar na Barra é uma boa opção por ser uma área mais bonita, moderna e segura. Além disso, os blocos com os trios elétricos mais famosos do carnaval baiano fazem o circuito Barra-Ondina, tendo o farol como o ponto de partida.

Farol da Barra
Farol da Barra

Falando nele, o Farol da Barra é um dos monumentos mais reconhecidos da capital e tem grande importância histórica, já que é considerada a primeira estrutura de sinalização para navegadores de toda a América Latina. A torre tem 22 metros de altura e proporciona, para aqueles dispostos a subir cerca de 100 degraus de sua escada circular, uma bela vista do mar, das praias e da cidade. O farol marca o início da Praia do Farol da Barra.

Maquetes de embarcações
Museu Náutico da Bahia

O acesso se à parte interna dá mediante o pagamento de uma entrada que também permite conhecer o Museu Náutico da Bahia, que possui um rico acervo de achados arqueológicos de um naufrágio do século XVII ocorrido próximo ao local, miniaturas de embarcações e vários outros elementos que dizem respeito à navegação e sinalização náutica, além de uma mostra permanente sobre a geografia, história, antropologia e cultura da região.

Forte de Santo Antônio da Barra
Forte de Santo Antônio da Barra

O farol e o museu estão dentro das dependências do Forte de Santo Antônio da Barra, primeira estrutura militar do Brasil. O forte foi construído a partir de 1534 como unidade de defesa da Baía de Todos os Santos, porto natural usado para o transporte de pessoas e mercadorias em uma época em que ainda não haviam estradas ligando a capital da colônia a outras capitanias. Além de sua importância histórica, é um edifício bonito.

Vista do alto do farol
Vista do alto do farol

Muitas pessoas passam por ali para tirar fotos do farol e seguem para outros pontos da cidade, mas há outros atrativos na Praia do Farol da Barra. Na maré alta, alguns pontos têm ondas agitadas que atraem os surfistas, mas também é possível praticar outros esportes aquáticos como stand up paddle e mergulho. Obviamente o mar também recebe banhistas ávidos por se refrescar do calor típico da cidade e eu recomendo uma pesquisa rápida ao Inema – Instituto do Meio ambiente e Recursos Hídricos para confirmar se a água se encontra adequada ao banho. Na maré baixa, são formadas piscinas naturais muito agradáveis, variando tons azuis e verdes.

Morro do Cristo
Morro do Cristo

Com cerca de 1 km de extensão, é possível fazer uma caminhada agradável entre o farol e o Morro do Cristo, uma pequena elevação que leva esse nome devido à estátua do redentor no topo. Dá para ir pela areia ou pelo calçadão na orla da Avenida Oceânica, bastante usada por corredores, ciclistas, skatistas e patinadores. Você também pode parar no caminho para tirar fotos da bela paisagem, tomar uma caipirinha ou qualquer outra coisa refrescante em um dos bares, barracas ou com os vendedores ambulantes. Do outro lado do morro já começa a Praia da Pedra Alta.

Vista do Morro do Cristo
Vista do Morro do Cristo

Tanto a área do farol quanto o morro são ótimas opções para apreciar o nascer e, mais provavelmente, o pôr-do-sol. A minha única dica é tomar cuidado com furtos que podem ocorrer no local, mesmo durante o dia, algo comum em muitos locais turísticos frequentados por um número grande de pessoas. A Barra é um dos melhores bairros de Salvador, mas é recomendado guardar bem os itens pessoais e voltar de Uber para sua hospedagem caso opte por ficar até mais tarde.

Reserva de passeio ou atração

Uma boa opção para percorrer o local de forma menos cansativa e com informações turísticas e históricas é fazer o tour panorâmico de ônibus que inclui o Farol da Barra, o Dique do Tororó (um manancial natural decorado com esculturas de orixás do Candomblé), a Baía de Todos os Santos (segunda maior do mundo), a Casa de Prentice (oficina de artesanato), a Igreja de Nosso Senhor do Bonfim (com suas famosas fitinhas coloridas), o Forte de Nossa Senhora de Monte Serrat (uma das melhores vistas da cidade) e o Mercado Modelo (local de compras e gastronomia).

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s