Estação central de trem

Berna – Estação central de trem

Nessa viagem pela Suíça eu rodei praticamente o país todo, sempre de trem. Como eu sabia que teria muitos percursos, fiz vários cálculos e cheguei à conclusão que que valia a pena comprar o Swiss Travel Pass, que me permitia rodar livremente sem pagar nada a mais por isso, além de garantir a entrada para a maioria dos museus do país. Também usei algumas cidades como base para passeios de bate e volta pela região. De Berna, por exemplo, eu fui para Interlaken, Brienz e o Monte Jungfrau, onde fica o Topo da Europa, sempre passando pela Hauptbahnhof, como é chamada a “estação central de trem” em alemão.

No caso do aeroporto, é preciso pegar um trem até a estação de Belp e de lá continuar de ônibus. Embora possa parecer complicado ter que fazer baldeação, o trajeto todo pode ser percorrido em cerca de 30 minutos. Não fiz esse trajeto porque cheguei à cidade de trem mesmo.

Painel com os horários de saída
Painel com os horários de saída

Em 1848, em conjunto com várias outras mudanças institucionais ocasionadas pela transição para um novo sistema governamental do país, foi decidido que Berna seria a nova capital da Suíça. Em consequência, a cidade logo precisou prover amenidades e infraestrutura local adequadas ao seu novo status. Entre esses projetos estava a construção de uma estação de grande porte que atendesse às demandas local, regional e internacional.

Já fiz uma postagem sobre perguntas frequentes sobre viagens de trem pelo país em que falei sobre como observar o número das plataformas, qual a diferença entre as classes, os serviços adicionais das estações maiores, se há armários para guardar as malas e outras dúvidas comuns. Também já escrevi como pesquisar e comprar passagens de trens no país.

Lojas da estação central de trem
Lojas da estação central de trem

Além de servir como uma grande estação que integra as viagens de trem com o transporte local, a Hauptbahnhof funciona como um grande shopping center. As lojas abrem todos os dias do ano e o funcionamento vai até mais tarde do que as de rua. Para se ter uma ideia, muitos supermercados na Suíça fecham lá pelas 17h – 19h horas da tarde, variando dependendo do dia, e muitas vezes nem abrem aos domingos e feriados. Já as unidades da estação ficam abertas todos os dias até bem mais tarde, chegando a umas 22 horas. Ou seja, depois de fazer um bate e volta em alguma cidade da região, você pode aproveitar que já vai passar pela estação e garantir o jantar da noite. Eu também costumava comprar lanches de manhã para comer durante os passeios e não ter que parar para almoçar. Além das opções gastronômicas, o centro de compras conta com lojas de roupas, eletrônicos, lazer, decoração… tudo o que você puder imaginar.

Transporte público em frente à estação
Transporte público em frente à estação

Além dos trens rápidos e regionais, é possível pegar o transporte público local do lado de fora da estação. São várias linhas de tram (bondinho elétrico de superfície) que param no local. Como eu cheguei até a cidade de trem, tive apenas que pegar o tram até a porta do Hotel ibis Budget Bern Expo, onde fiquei hospedado. Nem preciso dizer que o sistema funciona muito bem em todas as cidades suíças por onde passei e, a essa altura da viagem, eu já estava expert no uso do transporte público.

Anúncios

Um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s