Forte de Santo Antônio da Barra

Salvador – Forte de Santo Antônio e Farol da Barra

A Baía de Todos os Santos foi de fundamental importância não apenas para o a cidade de Salvador, na Bahia, mas para o desenvolvimento da colônia nos primeiros séculos após a chegada dos portugueses, já que praticamente não existiam vias terrestres e quase todo o transporte de pessoas e mercadorias era feito pelo mar. Mesmo antes da fundação da cidade, as suas águas calmas e profundas ofereceram as condições ideais para a passagem e ancoragem desde embarcações pequenas a grandes navios. Devido à sua localização no centro da costa brasileira, esse era o local ideal de partida para acudir qualquer capitania que passasse por dificuldades.

Forte de Santo Antônio da Barra
Forte de Santo Antônio da Barra

Protegido dos ventos e situado na Rota das Índias, o Porto de Salvador era usado na importação e exportação de mercadorias, servindo também como acesso para a rota interior até os engenhos de cana de açúcar que abasteciam o comércio europeu, além das escalas para a realização de reparos nos barcos e reabastecimento de água, remédios e mantimentos. Obviamente, por ser um ponto estratégico, também atraiu invasores ingleses, franceses e holandeses. Por esses motivos, ali foi construído o Forte de Santo Antônio da Barra, o primeiro forte edificado pelos portugueses no país.

Canhão de defesa no forte
Canhão de defesa no forte

Erguido em 1534 na mesma ponta de terra onde havia sido colocado, em 1501, um marco que indicava a presença da coroa portuguesa nas terras recém-descobertas, o forte de pedra e cal foi equipado com três canhões. No século seguinte, ele ganhou a forma, que mantém até os dias atuais, de uma estrela irregular de quatro pontas. Antigamente, toda a cidade era cercada por muralhas que o ligava aos fortes de Santa Maria e São Diego, na enseada da baía. Mais para dentro, sobre um banco de areia, foi construído o Forte de São Marcelo e também havia outros que complementavam a defesa da região, incluindo as fortalezas de Morro de São Paulo.

Farol da Barra
Farol da Barra

O Forte de Santo Antônio da Barra recebeu, em 1698, o Farol de Santo Antônio, primeiro em todo o continente americano e, hoje, um dos principais pontos turísticos da cidade comumente chamado de Farol da Barra. A construção tinha como finalidade orientar os navegantes para facilitar a entrada na Baía de Todos os Santos e foi apressada após o trágico naufrágio do galeão Santíssimo Sacramento que, em 1668, ocasionou a morte de mais de 400 pessoas e a perda de uma preciosa carga de 300 toneladas. Inicialmente, os lampiões eram alimentados com óleo de baleia. Em 1839, foi inaugurada a torre de alvenaria na forma atual, com 22 metros de altura, e a sinalização passou a ser feita com um aparelho rotatório e luz de querosene que emitia dois lampejos brancos e um encarnado.

Vista do alto do farol
Vista do alto do farol

Em 1890, o farol recebeu um novo mecanismo giratório e uma lente de 3,5 metros de diâmetro, ainda usada nos dias atuais, à época com alcance luminoso de 33 km. Já em 1937, foi concluído o trabalho de eletrificação e passou a ser usada uma lâmpada de 1000W como sistema principal, que persiste até os dias atuais e chega a uma distância de 70 km para a luz branca e 63 km para a luz encarnada. Na falta de energia elétrica, um queimador a gás butano é usado como sistema de emergência e a lente é movimentada por um aparato mecânico de pesos. Vale a pena encarar a escada até o topo do farol, pois lá de cima se tem uma vista deslumbrante do mar, das praias e da cidade.

Acesso à parte interna
Acesso à parte interna

O acesso à parte interna do forte se dá mediante ao pagamento de uma taxa. Outro atrativo do local é o Museu Náutico da Bahia, que reúne um rico acervo de achados arqueológicos do naufrágio de 1668, miniaturas de embarcações e vários outros elementos que dizem respeito à navegação e sinalização náutica, além de uma mostra permanente sobre a geografia, história, antropologia e cultura da região. O tema é relevante para entender não apenas o desenvolvimento da cidade, mas também a trajetória do nosso país no período colonial.

Maquetes de embarcações
Museu Náutico da Bahia

Salvador foi a capital administrativa, portuária e militar do Brasil até o final do século XVIII, quando o foco passou a ser a exploração das minas de metais preciosos no sudeste e a sede do governo foi transferida para o Rio de Janeiro. Ainda assim, a Bahia manteve a sua importância estratégica, já que ali se concentraram forças brasileiras que lutaram pela independência do país, com milhares de homens no mar e em terra, especialmente na Ilha de Itaparica.

Volta pelo forte
Volta pelo forte

Você também pode dar uma volta completa pelo lado de fora do Forte de Santo Antônio para ver a construção dos mais diversos ângulos, além de se sentar para apreciar com calma a paisagem e curtir a praia. Quem quiser ver o pôr-do-sol de uma perspectiva especial pode fazer o passeio de catamarã ao entardecer com saída do Porto da Barra, a única praia urbana que está voltada para o oeste, com passagem pelo Farol da Barra, a Praia de Gamboa, o Forte de São Marcelo e o Mercado Modelo.

Reserva de passeio ou atração

2 comentários

  1. É impressionante o quanto mentem para os turistas na Bahia. O Forte da Barra primitivo foi erguido a partir de 1596, e a estrutura atual é do século XVIII, então não, não foi a primeira fortaleza do Brasil. Salvador sequer existia antes de 1549. E o primeiro farol das Américas foi o farol do antigo Palácio de Friburgo no Recife, residência oficial de Maurício de Nassau.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Se tem uma coisa que eu aprendi viajando pelo mundo é que as versões variam muito, seja entre diferentes livros, pessoas, cidades, países e por aí vai. Fica aqui registrado seu comentário.

      Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s