Transporte entre Alcântara e São Luís

Alcântara – Como chegar saindo de São Luís

A maioria dos turistas que passam por essa região têm como objetivo principal conhecer os Lençóis Maranhenses, mas acabam ficando um ou mais dias em São Luís, já que é lá que se encontra o principal aeroporto para a chegada e partida de voos de outros estados do Brasil. Como o Maranhão é bem distante de onde eu moro, em Minas Gerais, decidi aproveitar a capital e também fiquei com um dia livre para conhecer Alcântara.

Pelo que pude perceber, quase todos que iam visitar a cidade passaram ali o período da manhã ou da tarde, voltando depois de poucas horas para São Luís. Eu preferi dormir por lá para aproveitar mais e não me arrependo dessa decisão. A minha hospedagem na Pousada La Maison du Baron foi muito agradável e pude ver a cidade a noite, quando a população local aproveita para sair nas ruas e aproveitar o tempo mais fresco.

Seja qual for a sua decisão quanto ao passeio, a melhor opção é fazer o trajeto entre São Luís e Alcântara de barco. Destaco que não há necessidade nenhuma de contratar um guia para isso: todas as informações necessárias estão aqui no Viajento.

Cais da Praia Grande
Cais da Praia Grande

No tour pelo centro histórico de São Luís, você, provavelmente, irá passar pela Casa do Maranhão, que possui uma bela exposição sobre a cultura do estado. Em frente a esse casarão fica o Cais da Praia Grande, de onde saem os barcos que fazem a ligação da capital com o município de Alcântara. Aproveitei que estava dando uma volta pela região para me informar no terminal sobre a viagem que faria no dia seguinte. Esse terminal é extremamente simples – chega a ser feio mesmo, caindo aos pedaços. No horário que passei por lá não havia ninguém nos guichês, mas os horários de saída das diferentes companhias estavam pregados nos vidros. Aquilo não me inspirou toda a confiança necessária, então tirei uma foto dos telefones e liguei mais tarde para confirmar as informações (estavam todas corretas).

Guichês no Cais da Praia Grande
Guichês no Cais da Praia Grande

Os horários de saída dos barcos variam de acordo com a maré do dia. Para a ida, escolhi a empresa Maria da Glória, que sai com o Iate Luzitana. As informações de horários, preços e contatos podem ser encontradas na página oficial da empresa e, pelo que pude confirmar na ocasião, são corretas.

Transporte São Luís – Alcântara Alcântara – São Luís
Luzitana 7h00 8h25 15h00 16h20
Barraqueiro 16h00 17h20 6h00 7h20

Os horários acima, somente das empresas que eu utilizei o serviço, são os preferenciais, praticados quando a maré está favorável. Mas é bom pesquisar com antecedência porque pode variar bastante e, inclusive, ter algum dia sem viagem nenhuma programada para a realização de manutenção nos barcos ou qualquer outro motivo.

Iate Luzitana
Iate Luzitana

Para o dia que eu ia, estava tudo certo e a saída seria do cais às 10:30 da manhã – fiquei feliz por não ter que acordar muito cedo. Esse horário mais tarde foi por causa da maré e por ser domingo. Segundo me disseram pelo telefone, não é necessário comprar a passagem com antecedência, bastando chegar ao terminal 30 minutos antes da partida. Me garantiram que naquele dia o barco não iria lotado, então fiz como me orientaram e deu tudo certo. Talvez durante a semana seja mais cheio, pois vi que a maioria das pessoas que pegou o barco não era turista, mas sim moradores de uma cidade ou da outra.

Enfim, comprei o ingresso, assinei a lista de passageiros e fiquei por ali esperando o pessoal começar a entrar no barco. Quem faz um bate e volta já deve aproveitar para comprar o retorno. Como eu ia dormir na cidade e só voltaria no dia seguinte, deixei para resolver isso em Alcântara. Tinha alguns ambulantes ali no terminal vendendo água e lanches, mas achei melhor não comer nada de origem duvidosa, pois poderia passar mal durante a viagem.

Porto do Jacaré
Porto do Jacaré

As cidades de São Luís e Alcântara são divididas pela Baía de São Marcos. A distância é de quase 20 km e o tempo de viagem de 1h30, com variações dependendo da maré e do vento. Assim como qualquer passeio de mar, é possível que a movimentação do barco cause enjoos em algumas pessoas, uma condição conhecida como cinetose. Já postei aqui no Viajento um texto sobre como evitar enjoos que vale a pena ser lido, principalmente para quem tem tendência a isso. Nos dias que eu fiz os trajetos de ida e de volta achei que o mar estava bem tranquilo e, embora tenha ouvido algumas pessoas se queixando de enjoo, não era uma situação generalizada e ninguém chegou a vomitar. Li em algum lugar que o mar fica mais agitado de junho a dezembro. Eu fui no finalzinho de setembro e realmente achei de boas. Rapidinho chegamos ao Porto do Jacaré, em Alcântara, onde todos desembarcam.

Terminal Hidroviário de Alcântara
Terminal Hidroviário de Alcântara

O Terminal Hidroviário de Alcântara é mais arrumadinho que o de São Luís. Aproveitei para me informar sobre a volta no dia seguinte. Não vi nenhum guia local oferecendo os seus serviços, mas imagino que tenha alguém lá, dependendo do horário. Reparei que havia uns banners de uma agência de turismo. De qualquer maneira, a minha intenção era mesmo fazer o passeio de forma independente. A estrutura conta também com uma lanchonete e uma lojinha de artesanato local.

Também no prédio do terminal ficam os guichês das mesmas empresas que citei ali em cima. Recomendo que mesmo quem já tenha comprado o bilhete de volta para o mesmo dia passe por lá para confirmar o horário.

Interior do Iate Barraqueiro
Interior do Iate Barraqueiro

Para a volta, no dia seguinte, escolhemos pelo horário o Iate Barraqueiro, que saiu às 14h. A estrutura dele é bastante parecida com o do Iate Luzitana – um barco de madeira com várias fileiras de banquinhos e salva-vidas no teto. Achei o serviço de ambas as empresas bem parecidos, mas gostei mais do Luzitana pela página na internet, com as informações de horários e contatos. Isso me inspirou mais confiança no serviço.

As outras opções de transporte entre São Luís e Alcântara são fazer o trajeto de carro: nesse caso é possível fazer a viagem somente por terra, mas a viagem dura mais de sete horas; ou fazer parte por terra, pegar uma balsa para a travessia do Terminal Ponta da Espera até o Porto de Cujupe, depois seguir de carro novamente até Alcântara. Muita função para chegar a um local em que o passeio todo é feito a pé, além de ser mais caro e demorado. As únicas vantagens é que imagino que seja mais seguro e confortável ir de balsa do que o barco.

São Luís vista do barco
São Luís vista do barco

No mais, é aproveitar o trajeto entre as duas cidades para apreciar a paisagem. Como a viagem é consideravelmente longa, podendo durar duas horas, eles deixam uma televisão ligada e também dá para ler um livro, se o mar estiver tranquilo. Se você for uma dessas pessoas que passa mal, o ideal é tomar um remédio de enjoo e aproveitar para dar uma cochilada, principalmente na volta, quando todos que fizeram um bate e volta já estão cansados.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s