The Briscoe Western Art Museum

San Antonio – The Briscoe Western Art Museum

Durante os dias em que fiquei em San Antonio, no Texas, passei diversas vezes na frente desse museu. Isso porque ele fica às margens do Riverwalk, que proporciona uma agradável caminhada à beira do rio em um nível abaixo da rua e onde se concentra a maior parte dos atrativos turísticos, hospedagens e restaurantes da cidade. Você também pode entrar pelo outro lado, no endereço 210 W. Market Street, esse acessível para pessoas com mobilidade reduzida usando cadeiras de rodas. Recomendo acessar a página oficial para conferir os preços, dias e horários de funcionamento, já que o espaço fica fechado em alguns feriados.

Visita às exposições do museu
Visita às exposições do museu

Eu ganhei o bilhete como cortesia do Visit San Antonio, uma página muito completa do turismo na cidade que usei para fazer as minhas pesquisas sobre que lugares que queria conhecer e tirar diversas dúvidas. Uma das dicas é que a visitação gratuita ao Briscoe Western nas tardes de terça-feira, mais especificamente das 14h às 21h. Se coincidir de você estar na cidade nesse dia da semana, não se esqueça de programar a ida ao museu. Uma vez que você passa na bilheteria, você ganha esse adesivo que deve ser colado na blusa.

Escultura de bronze
Escultura de bronze

O Briscoe Western Art Museum recebeu esse nome em homenagem a Dolph Briscoe Jr., ex-governador do estado do Texas, e sua esposa, Janey. O espaço é voltado para a preservação e interpretação da arte, história e cultura do oeste americano. Aliás, um dos fatores que eu achei bastante interessante na visita foi justamente a visão crítica dos eventos que marcaram a região. O campus consiste no prédio principal, onde também fica a primeira biblioteca pública da cidade, o Jack Guenther Pavilion e o McNutt Sculture Garden.

McNutt Sculpture Garden
McNutt Sculpture Garden

O McNutt Sculture Garden pode ser visitado gratuitamente. O jardim tem um ambiente bastante agradável, com diversas esculturas de bronze espalhadas entre a vegetação. As obras retratam figuras típicas dessa área dos Estados Unidos como indígenas, colonizadores, cowboys, búfalos, águias e outros. Eu acabei passando por lá dois dias, já que estava chovendo bastante quando fiz a visita ao museu. Em outra ocasião vi que ele estava fechado para a realização de algum evento – parecia ser uma festa de casamento.

Sala dedicada às mulheres
Sala dedicada às mulheres

O prédio principal é usado para abrigar a exposição permanente que conta mais de cinco séculos de história. O oeste do país foi ocupado por povos nativos por milhares de anos, colonizado por países europeus e, ainda nos dias atuais, continua recebendo pessoas dos mais diversos cantos do mundo, o que cria uma sociedade dinâmica. Uma das partes interessantes é a sala dedicada à representação da mulher na arte. O primeiro andar tem uma sala de estar, a biblioteca, a bilheteria e a loja, então o espaço de exposições é limitado.

Representação da cultura local
Representação da cultura local

O Texas tem inspirado artistas por muitos séculos. A paisagem com elementos dramáticos, as lutas pelo domínio da região e os indivíduos são temas de infinito fascínio. Para quem veio de fora, o mistério e a beleza do deserto inspira medo e esperança. Para os nativos e as novas gerações, é um lugar para chamar de lar. O segundo andar possui diversas pinturas, fotografias, esculturas e objetos que retratam a vida dos moradores locais, os animais e o ambiente ao longo da história.

Espaço de exposições temporárias
Espaço de exposições temporárias

Esse andar também dá acesso ao outro prédio – a travessia é feita por uma passarela. Ali ficam as exposições temporárias. Quando eu fui estava tendo uma chamada Destino San Antonio, que conta com uma seleção de cerca de 600 fotografias da cidade, além de vídeos documentários, entrevistas, mapas, plantas e outros programas interativos. O legal é que as fotos eram em 3D, podendo ser visualizadas através de um binóculo. O trágico é que eu devo ter alguma limitação ocular, porque simplesmente não funcionava somente comigo. Engraçado que eu consigo ver filmes em três dimensões normalmente no cinema e em casa… talvez seja por causa da lente de contato? Enfim. Para conferir o calendário atual, entre na página oficial.

Maquete da Batalha do Alamo
Maquete da Batalha do Alamo

Voltando ao prédio principal, é possível visitar o terceiro e último andar. Um dos temas tratados são os diversos conflitos que marcaram o Texas e a região. Os espanhóis dizimaram o Império Asteca no México, mas depois foram dominados pelas tribos nativas mais ao norte, nas áreas onde hoje estão os estados do Texas, Arizona, Novo México e Califórnia. Depois vieram os ingleses, franceses e russos para colonizar e explorar comercialmente a área. No meio desse fuzuê, o evento mais importante ocorrido em San Antonio foi a Batalha do Álamo, representada em uma grande maquete. Também há exposições de diversas celas e esporas de cavalos, armas usadas nas caças, a formação e características das cidades e outros.

Loja de souvenirs
Loja de souvenirs

Obviamente que também tem uma loja de souvernirs na saída do museu. Dá vontade mesmo de levar um monte de coisa, mas eu tento me controlar para não gastar dinheiro e também para não ter que ficar carregando peso, mas sempre gosto de passar para dar uma olhada porque são vários produtos relacionados às exposições, livros, artesanatos e outros.

Anúncios

2 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s