Aeropuerto Internacional La Joya Andina

Uyuni – Aeropuerto Internacional La Joya Andina

Quando eu estava montando meu roteiro dessa viagem que acabou por incluir Chile, Bolívia e Peru, li bastante sobre o trajeto entre Uyuni e La Paz. Por questões de custos, eu estava decidido em fazer essa parte por via terrestre, de ônibus, seguindo as sugestões de blogueiros diversos de pegar a melhor companhia e o melhor ônibus, leito mesmo, já que a viagem dura cerca de 12 horas e passa por estradas em condições bem ruins. Algumas dessas pessoas também falavam que as condições dos aviões não eram boas. Bom, pelo que eu percebi, essa constatação era baseada em um senso comum, já que eles tinham viajado de ônibus no fim das contas e estavam falando sem experimentar. Na minha opinião, não podiam estar mais errados.

Fiquei um tempo de olho nas passagens de avião, mas estava achando tudo muito caro até que consegui um preço bom pela Boliviana de Aviación. Na época, o trecho saiu por pouco cerca de R$225,00, sendo que a passagem de ônibus estava mais ou menos R$75. Existe uma diferença sim, mas nada de arrancar os olhos. A comparação realmente gritante era na duração da viagem: enquanto o trajeto de ônibus previa uma viagem de 11 a 12 horas, o avião gastaria menos de 1 hora. Pensando que eu teria acabado de passar três dias atravessando o deserto e o salar bolivianos, dormindo relativamente mal e acordando cedo, não tive dúvidas de que a melhor opção seria pagar um pouco a mais por esse luxo. Outra empresa que faz essa viagem é a Amaszonas. Vale a pena dar uma pesquisada, comparar os preços e decidir o que será melhor para o seu caso.

Check in no guichê da Boliviana
Check in no guichê da Boliviana

O Aeropuerto Internacional La Joya Andina (UYU) foi inaugurado em 2011 pelo então presidente boliviano Evo Morales. É um aeroporto com toda a estrutura para receber os turistas, com casa de câmbio, restaurante, balcão de informações, check-in, detectores de metal, como qualquer outro aeroporto digno. Confesso que eu não esperava tudo isso em um aeroporto de cidade tão pequena, inclusive.

Depois de despachar as malas, fomos para a sala de espera que, apesar de pequena, comporta bem a quantidade de pessoas que havia no local. Aproveitamos o tempo de espera para utilizar o wi-fi gratuito. Estou falando que era bem melhor do que eu imaginava!

Aeronave que faz o trajeto de Uyuni a La Paz
Aeronave que faz o trajeto de Uyuni a La Paz

Fiquei ainda mais impressionado quando eu vi o avião, que eu esperava que seria um teco-teco, mas era de um tamanho respeitável. Como o aeroporto é bem pequeno, a gente sai da sala de espera e vai caminhando até o avião, da mesma forma que acontece em alguns voos internos no Brasil.

Por dentro da aeronave
Por dentro da aeronave

O avião era bem novinho e até espaçoso, com três fileiras de cadeiras de cada lado. Não tinha muita gente no voo, talvez por ser em uma segunda-feira no meio do mês de maio, ou seja, fora da alta temporada. Além disso, a companhia oferecia vários horários de voo por dia. Eu peguei o mais conveniente para mim, saindo às 9h40 da manhã, pois assim não teria que acordar muito cedo. Aliás, o aeroporto fica a apenas cinco minutos da cidade. Então eu fui de taxi, que ficou barato e chegou super rápido.

Salar de Uyuni visto do avião
Salar de Uyuni visto do avião

A decolagem foi bem tranquila, já que a pista do aeroporto é bem longa, com 4km de extensão. Assim que o avião sobe, é possível ver o Salar de Uyuni, que fica realmente muito próximo à cidade. Ali ao fundo, é possível observar uma das ilhas que se destacam na paisagem no meio do salar – não sei dizer se essa é a Isla Incahuasi ou a Isla Pescado, mas pelo formato acredito que seja a primeira.

Lanche servido no café da manhã
Lanche servido no café da manhã

A equipe de voo é bem educada e eficiente. Foi servido um lanche frio composto por pão, bolo e suco. Como a viagem é bem rápida, mais ou menos o mesmo tempo que gasto no trajeto entre Belo Horizonte e São Paulo ou Rio de Janeiro, quando assustamos já estávamos chegando em La Paz.

Para mim, valeu muito à pena pegar esse voo. É claro que gastei mais, pois a passagem de avião é mais cara e fiquei uma noite hospedado em Uyuni. Mas foi bem melhor do que chegar de uma viagem de três dias no deserto, ficar horas à toa na cidade sem ter onde tomar um banho e/ou descansar, para depois pegar um ônibus a noite e enfrentar cerca de 12 horas de viagem por uma estrada que, dizem, não é das melhores. Às vezes, não me importo de investir um pouco mais no meu conforto. Cheguei tranquilo em La Paz e disposto a deixar as malas no hotel e já sair para passear mais!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s