Lake Louise

Banff – Lake Louise

Chamado de “lago dos pequenos peixes” pelos nativos que moravam na região antes da chegava dos colonizadores, o Lake Louise é um corpo de água glacial localizado no Banff National Park, em Alberta, no Canadá. O nome atual é uma homenagem à Princesa Louise Caroline Alberta, a quarta filha da Rainha Victoria e esposa do Marquês de Lorne, que foi o governador do país entre 1878 e 1883. Enquanto eu estava fazendo um intercâmbio de trabalho em Calgary, que fica a cerca de duas horas de viagem, tive a oportunidade de conhecer o local.

Lojas e restaurantes na vila
Lojas e restaurantes na vila

Antes de seguir para o lago, eu passei por um pequeno centro comercial que fica aos pés da estação de esqui para fazer um lanche, já que lá em cima não tem nenhuma estrutura além do famoso hotel à beira do lago onde, eu imagino, um café deve custar um rim. Além do centro de visitantes, onde se pode obter informações e mapas, o local concentra restaurantes, lojas, postos de gasolina e outros estabelecimentos voltados para o turismo.

Fairmont Château Lake Louise
Fairmont Château Lake Louise

Quem pretende fazer um bate e volta a partir de Banff, que fica a cerca de 60 km de distância, pode pesquisar uma hospedagem na vila, onde há uma estrutura maior. Mas em Lake Louise também se tem algumas opções, inclusive com boa variedade de preço. O mais famoso e com uma vista espetacular da paisagem é o Fairmont Château Lake Louise, um hotel de alto luxo e conforto. Bem próximo e ainda salgado para a maioria dos bolsos fica Deer Lodge. Para ver outras alternativas, incluindo hostels mais em conta, você pode fazer uma pesquisa pelas propriedades que ficam nesse ski resort.

Lago congelado no inverno
Lago congelado no inverno

O Lake Louise Ski Area é uma das principais áreas para atividades de inverno no Banff National Park, com montanhas em altitude média de 3.000 metros acima do nível do mar. Ali são realizadas competições de nível mundial para homens e mulheres, mas as pistas de nível iniciante, intermediário e avançado são também usadas por esquiadores amadores desde 1920. Somente em 1954 foi construído o primeiro ascensor e hoje a estrutura é bem completa. A gôndola, por exemplo, funciona o ano inteiro e proporciona belas vistas das geleiras, fontes naturais, flores selvagens e animais, incluindo a possibilidade de ver os famosos e perigosos ursos pardos.

Passeio de carruagem na neve
Passeio de carruagem na neve

Mas eu nem fiz esses passeios pelo ski resort porque iria visitar a Sunshine Village com esse objetivo em outro dia, então logo segui caminho para o Lake Louise, que estava completamente coberto por uma grande camada de neve no mês de março. Muitas pessoas acham que o passeio em parques nacionais se limita ao verão, mas o fato é que você pode fazer muitas coisas no inverno, inclusive patinação no gelo e pesca no lago. Também vi algumas pessoas passando de carruagens puxadas a cavalo.

Agnes Trail
Agnes Trail

Outra atividade bastante procurada são as trilhas, que podem ser feitas mesmo com neve. Nesse caso, é recomendado o uso de equipamentos especiais como calçado próprio e bastão de caminhada para evitar quedas e maior experiência no caso de escaladas – eles podem ser alugados na região. No verão a locomoção pode ser mais tranquila, mas há sempre o risco de encontrar um urso pelo caminho, então o ideal é andar em grupos maiores. Para quem gosta de passeios guiados, uma boa opção é contratar a excursão ao Lake Louise e ao Marble Canyon, que inclui transfers a partir de Banff, os equipamentos necessários e lanche.

Reserva de passeio ou atração

Mesmo esse tour inclui algumas horas de exploração livre. Você pode fazer uma caminhada mais plana em volta do lago, mas fique atento às distâncias e ao tempo. Também há uma trilha que leva ao Mirror Lake e Lake Agnes, lagos que ficam entre as montanhas Saint Piran e The Beehive, com direito a uma casa de chás que fica aberta entre junho e novembro e é muito usada para repor as energias. Destinos como o Devils Thumb, Mount Niblock, Mount Whyte, Fairview Mountain e Saddle Mountain ficam mais distantes exigem planejamento, tempo e preparo físico.

Esteja preparado para o frio
Esteja preparado para o frio

Mesmo que você vá até o Lake Louise apenas para dar uma olhada no lago, esteja preparado para um frio intenso entre os meses de outubro a abril, quando as temperaturas mínimas médias ficam abaixo de zero. Para quem vai alugar carro, é preciso dirigir com mais cuidado e estar atento às exigências locais. Como eu estava morando no Canadá nessa época, eu tinha roupas adequadas e não passei nenhum aperto, mas saiba que os casacos de frio brasileiros definitivamente não são suficientes para te aquecer no alto das montanhas. Também aproveitei para visitar o local no verão e senti a necessidade de usar pelo menos um moletom mais leve em alguns momentos.

The Fairmont Château Boathouse
The Fairmont Château Boathouse

A chegada dos meses mais quentes no meio do ano dão a oportunidade de fazer outras atividades, como alugar canoas no The Fairmont Château Boathouse, localizado na margem oeste do lago. A cobrança é feita por hora e cada embarcação comporta três adultos ou dois adultos e duas crianças pequenas. Também há opções para canoagem ao nascer do sol, antes mesmo do café da manhã, ou à noite, com um cobertor para espantar o frio. Eles também oferecem o passeio guiado, com explicações sobre a vida selvagem, a população nativa e os primeiros exploradores.

Vista do lago no verão
Vista do lago no verão

A grande vantagem de visitar o Lake Louise no verão é que você consegue ver o lago em si. Isso muda bastante a cara da paisagem, já que as águas têm uma cor turquesa impressionante devido à presença de partículas de rochas, já que é formado pelo desgelo das montanhas à sua volta. Muitas trilhas também podem ser percorridas em bicicleta ou cavalo, enquanto o acesso a outras áreas é feito em escaladas com o uso de equipamentos especiais.

Apreciando a paisagem
Apreciando a paisagem

Como se pode perceber, seja qual for a época do ano, sempre haverá muitas atividades para fazer em Lake Louise, só é importante se programar com antecedência, principalmente para fazer as reservas de hospedagem, definir os passeios, estudar a necessidade de alugar equipamentos, verificar o calendário de eventos e, quando estiver mais perto, checar a previsão do tempo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s