BBVA Compass Roof Garden

Houston – Cullen Sculpture Garden e Glassell School of Art

Descobri esse jardim durante a minha visita ao Museum of Fine Arts, um dos maiores museus dos Estados Unidos. Depois de passear pelas galerias dos dois prédios principais, aproveitei para dar uma volta nessa área livre e de acesso gratuito, já que estava um dia muito bonito. Os planos para a empreitada tiveram início em 1969, quando a The Brown Foundation, Inc disponibilizou os recursos necessários para a compra de dois blocos para a construção do museu.

Cullen Sculpture Garden
Cullen Sculpture Garden

O nome foi definido em 1978 pelo conselho da cidade em homenagem a Hugh Roy Cullen e Lille Cullen devido à contribuição de ambos para as comunidades artística e médica. Por isso, o local é oficialmente denominado Lillie and Hugh Roy Cullen Sculpture Garden. Mas a construção só teria início em 1984, com a inauguração acontecendo dois anos depois. O projeto ficou por conta do paisagista e arquiteto Isamu Noguchi, que imaginou o espaço como uma abordagem moderna à ideia tradicional de um jardim. Para isso, foram erguidos muros de concreto que variam em altura e complementam as árvores nativas como bambu e murta.

Esculturas em exposição no jardim
Esculturas em exposição no jardim

O local é um oásis de tranquilidade em meio à agitação da cidade, servindo como espaço para interação entre os visitantes e a arte. Ali estão várias esculturas dos séculos XX e XXI de artistas renomados como Auguste Rodin, Henri Matisse, Alexander Calder, David Smith, Frank Stella, Dan Graham e Louise Bourgeois. Também há obras criadas especificamente para serem expostas no espaço, como a Houston Triptych de Ellworth Kelly e a New Forms de Tony Cragg. Por fim, são apresentados artistas texanos como Joseph Havel, Jim Love e Linda Ridgway.

Cloud Column
Cloud Column

Também chama bastante a atenção a obra Cloud Column, de Anish Kapoor, na saída do jardim. Em formato oval e com a altura de um prédio de dois andares, essa superfície espelhada feita de aço inoxidável reflete cada nuance de luz e o ambiente em volta, distorcendo a realidade. A ideia do artista é fazer com que a gente se questione sobre o nosso posicionamento no mundo, além de contemplar o objeto em si. Tanto a obra quanto o ambiente como um todo rende ótimas fotos e tinha bastante gente lá fazendo ensaios.

Glassell School of Arts
Glassell School of Arts

Ali funciona a nova unidade da Glassell School of Art, inaugurada em 2018. O projeto é do escritório Steven Holl Architects, que criou um prédio no formato da letra L a partir de uma série de painéis pré-moldados alternados com vidros. O resultado é um visual bastante moderno que chama a atenção de quem passa pelo local. A escola abriga os estudantes do Junior School, Studio School e Core Residency Program, que antes ficavam separados, o que possibilita uma maior troca de experiências.

Exposição de trabalhos dos alunos
Exposição de trabalhos dos alunos

A escola é um instituto que faz parte do Museum of Fine Arts e oferece aulas para estudantes de 3 a 18 anos de idade, cursos de história da arte, produção artística e workshops para adultos, além de um programa específico para artistas e críticos pós-graduados. Você pode entrar e passear livremente pelo local onde estão expostos os trabalhos dos alunos. As obras incluem pinturas, desenhos, objetos, esculturas e outras mídias.

Arquitetura moderna da escola
Arquitetura moderna da escola

Por dentro o local também impressiona pelas formas modernas e inovadoras. O interior é banhado de luz natural, principalmente no saguão principal. A arquitetura me lembrou bastante os filmes do Harry Potter com as escadas que mudavam de lugar, no castelo de Hogwarts. Também gosto bastante do concreto e das tubulações aparentes em estilo industrial. A escola ainda abriga o Glassell Coffee Bar, que vende sanduíches, saladas, pães e outros belisquetes.

BBVA Compass Roof Garden
BBVA Compass Roof Garden

Você ainda pode subir até o terraço da escola pelo elevador, no caso de pessoas com mobilidade reduzida, ou pela longa rampa de acesso na parte externa, que funciona como um anfiteatro. O BBVA Compass Roof Garden proporciona uma vista em 360° da área do Museum District, do Texas Medical Center e do centro da cidade. É uma ótima opção para terminar o dia de passeio vendo o pôr-do-sol, já que o espaço fica aberto até as dez da noite. No segundo domingo de cada mês, estava rolando também umas sessões gratuitas de pilates ou yoga, bastando levar seu próprio colchonete e garrafa d’água. A programação de eventos do espaço, do museu de belas artes e das outras estruturas do complexo pode ser acessada na página oficial.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s