Povoado de Bichinho

Bichinho – Passeio pelo povoado de Vitoriano Veloso

A maioria das pessoas continua a chamar o povoado de Vitoriano Veloso, surgido nos primeiros anos do século XVIII, de Bichinho – o nome original era Arraial do Bichinho. A visita à comunidade é bem fácil para quem está hospedado na cidade histórica de Tiradentes, já que está a apenas cerca de 7 km de distância. Na estrada, além da vista privilegiada da paisagem rural, é possível visitar o Museu do Automóvel da Estrada Real. O espaço foi inaugurado em 2006 pelo colecionador Rodrigo Cerqueira Moura, que começou a adquirir e restaurar os carros antigos a partir de 1976. Atualmente, são cerca de 50 unidades prontas para exibição, mas outras 20 unidades encontram-se em processo de restauração.

Museu do Automóvel da Estrada Real
Museu do Automóvel da Estrada Real

O museu possui carros raros, como o Renault Fragate, de 1953; os clássicos Austin Mini e o Citroën 2CV; e os nacionais Simca Chambord, DKW Vemag e o Renault Dauphine. Esses e outros são usados para viagens a encontros de colecionadores por todo o Brasil e alugados para eventos diversos, como casamentos e gravações de novelas e minisséries. As informações como endereço, contato, dias e horários de funcionamento podem ser acessadas na página oficial.

Casa Torta
Casa Torta

Continuando na estrada, você vai saber que chegou ao destino quando for surpreendido pela incrível Casa Torta. Com duas torres na fachada que parecem estar caindo para os lados, o local é um lugar lúdico de brincadeiras, poesias e teatro. Vale a pena fazer a visita interna, pois cada cantinho da casa foi criado para entreter, ensinar e encantar. Além disso, é uma boa parada para tomar um café. As informações de funcionamento, bem como eventos especiais, podem ser conferidas na página oficial.

Rua Moisés Pinto de Souza
Rua Moisés Pinto de Souza

Seguindo em frente, começamos a ver as diversas lojas locais voltadas para o artesanato. O vilarejo possuía, desde antigamente, a cultura de produção de esteiras de taquara, além de pequenos adornos de bijuteria. O grande impulso para essa área, entretanto, veio no início da década de 1990, quando o artista plástico Toty (Antônio Carlos Bech) criou a Oficina de Agosto que, além de loja, funciona como escola de artesanato. Aliando preocupação ecológica e comunitária, Toty criou um grande grupo local para a produção de arte coletiva diferenciada e inovadora, causando uma revolução no povoado. Com o tempo, os mais experientes foram abrindo as suas próprias lojas.

Loja com objetos antigos e artesanato
Loja com objetos antigos e artesanato

Grande parte das peças e pinturas criadas na região são feitas a partir do aproveitamento de material de demolição, madeira, ferro, lata, plástico e tecidos de algodão. As obras possuem qualidade material e estética para serem exportadas para vários estados do país e até para o exterior. São móveis, telas, bordados, fuxicos, crochês, tapetes, esculturas e adornos em geral. Além disso, vale destacar a produção artesanal de doces, cuja tradição é passada de geração em geração.

Produtos artesanais na loja
Produtos artesanais na loja

Falando em produção local, enquanto andávamos pela rua principal que leva ao centro de Bichinho, passamos na porta da Cachaçaria Mazuma Mineira. Como havia uma certa movimentação no local, resolvemos entrar para ver a loja. Ali, fomos convidados a conhecer a área onde ficam os alambiques e ouvir um pouco sobre como é feita a produção da cachaça. Depois, tivemos uma degustação gratuita de quatro tipos das bebidas vendidas no local.

Esculturas em papel marchê
Esculturas em papel marchê

Continuando a caminhada pela cidade, entrei em diversas lojas de móveis, utensílios e decorações de casa. No geral, cheguei a conclusão que os trabalhos e os preços são, em sua maioria, bastante parecidos. O que se destacou para mim foram alguns ateliers em que é feito um trabalho mais autoral, como os do Alex Terra, Silas Vilela, Fábio Francino e Fredolina. Foi interessante visitá-los, conhecer um pouco mais a fundo as obras e ouvi-los falar sobre o processo de produção.

Fogão a lenha
Fogão a lenha do restaurante Tempero da Angela

Também aproveitei a ida ao povoado para comer a tradicional comida mineira, feita com ingredientes da região e preparada no famoso forno a lenha. O restaurante escolhido foi o Tempero da Angela, que funciona somente na hora do almoço e no sistema de buffet. Achei os preços bem em conta e a refeição muito saborosa, com aquele gostinho de comida caseira.

Igreja Nossa Senhora da Penha
Igreja Nossa Senhora da Penha

Situado entre Tiradentes e Prados, esse povoado surgiu em função da extração do ouro no local. A mineração na região devia ser volumosa e constante, pois reuniu uma pequena aglomeração humana, provavelmente fixa, que ocasionou a construção de casas e de uma capela, a atual Igreja Nossa Senhora da Penha. O edifício começou a ser erguido por volta de 1732, sendo concluída quase meio século mais tarde, em 1771. As torres laterais, que podem ser vistas na foto acima, foram acrescentadas no início do século XX. Apesar da fachada simples, o interior é ricamente decorado com pinturas em estilo rococó atribuídas a Manoel Victor de Jesus. A estrutura foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 1949.

Além da igreja, o povoado conserva um significativo conjunto de moradias dos séculos XVIII e XIX. As novas construções mantêm o estilo rústico devido ao uso do adobe, servindo tanto como residências, quanto como oficinas, ateliês e lojas de artesanato. No mapa interativo acima, é possível ver a localização dos pontos que considerei mais importantes na minha visita a Bichinho.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s