Casa Torta

Bichinho – Casa Torta

A colorida fachada dessa casa, que parece estar tombada para os lados, costuma aparecer em fotos de diversas pessoas pela internet. É muito provável que você já tenha se deparado com uma dessas imagens, já que ela possui grande apelo visual. De fato, ela já era bem famosa para mim antes mesmo de eu planejar conhecer o povoado. Não é à toa: a fachada inusitada causa estranheza e admiração por quem passa por lá.

Para quem está hospedado em Tiradentes, basta pegar uma estrada de paralelepípedo e terra por cerca de quinze minutos em direção a Vitoriano Veloso, mais conhecida como Bichinho, distrito de Prados. A estrada por si só é um passeio a parte, com vista para as belas paisagens campestres da região. Antes de chegar na parte mais habitada de Bichinho, você vai ver a Casa Torta.

Vale a pena fazer o passeio lá dentro
Vale a pena fazer o passeio lá dentro

Algumas pessoas passam pela porta, tiram as fotos do lado de fora e seguem seu caminho para outros passeios. Eu aconselho entrar e aproveitar tudo o que ela tem para oferecer, pois a parte de fora é apenas um dos seus atrativos. É preciso pagar pela entrada e o valor é cobrado por tempo – você pode se programar para ficar uma hora lá dentro, é o suficiente para conhecer bem o lugar. Mas, antes de ir, confira os dias e horários de funcionamento, bem como o preço do ingresso, na página oficial.

Playground com brinquedos tradicionais
Playground com brinquedos tradicionais

O ambiente pode ser dividido em três espaços. O playground, na parte externa, é mais voltado para as crianças, com ponte suspensa, balanços, cabana, casinha e brinquedos, muitos deles feitos com objetos e materiais reaproveitados, o que, por si só, já é uma lição de vida. A proposta é que os visitantes fiquem livres para explorar o lugar à vontade, criando uma experiência particular. É nessa parte externa que fica o espaço para apresentações e oficinas.

Espaço da área externa
Espaço da área externa

Mas quando eu digo que é mais voltado para crianças, eu não quero impor uma limitação de idade. Pelo contrário. A Casa Torta é um espaço que pode ser muito bem aproveitado por crianças, adultos e idosos. A questão é que eles trabalham com estímulos que trazem alegria, curiosidade e acolhimento, sentimentos que estão ligadas a esse período da vida em que pequenos detalhes nos encantam. Ou seja, servem bem para trazer de volta a criança que existe dentro de cada um. E isso é feito de maneira lúdica, com cores, formas, lembranças, texturas e frases.

Cada cantinho tem uma frase
Cada cantinho tem uma frase

Para aqueles que gostam de literatura, há trechos de textos e poemas em várias paredes e móveis da casa. As palavras podem ser encontradas nos lugares mais inusitados, podendo trazer reflexões sobre a nossa relação com o mundo e as pessoas. São frases de Carlos Drummond de Andrade, Clarice Lispector, Fernando Pessoa e Ariano Suassuna (só para citar alguns que eu vi), mas também ditos populares como “Sorria! A felicidade fica linda em você. <3” ou “Seja grato por hoje”.

Café bem doce e exagerado
Café bem doce e exagerado

O espaço interno do primeiro andar é onde funciona o café, que serve algumas comidinhas como pães de queijo caseiros, quiches, pizzas, escondidinhos, porções e sobremesas, além de bebidas quentes e frias, entre cafés, cervejas e drinks. Não existe nenhuma obrigação de consumir ou comprar nada no local, mas nós aproveitamos que já estávamos lá para fazer um lanchinho.

Café e lojinha
Café e lojinha

Ali também estão disponíveis jogos de tabuleiro e objetos diversos para quem quiser brincar. O foco é nos brinquedos tradicionais da infância de tempos atrás, como blocos de montar, óculos de plástico, peão, etc. A lojinha contém souvenirs, lembranças da visita ao local.

Figurinos para brincar de teatro
Figurinos para brincar de teatro

Uma escada meio escondida leva ao sótão no segundo andar. Ali há vários figurinos da companhia teatral, que ficam à disposição para quem quiser vestir e tirar fotos, além de uma pequena biblioteca.

A fim de estimular a interação das pessoas com o lugar e entre si, os proprietários decidiram não disponibilizar conexão de internet wi-fi, como um pedido para que se desconectem do mundo virtual e valorizem o aqui e agora. A casa também oferece uma programação cultural. O calendário das apresentações, oficinas, brincadeiras e outros eventos pode ser acessado na página oficial.

Brincar de ser criança
Brincar de ser criança

A propriedade é de dois atores, Renato Maia e Lu Gatelli, que moravam no Rio de Janeiro e decidiram deixar para trás a correria das cidades grandes para morar na pacata e também bastante artística Tiradentes, em Minas Gerais. A criatividade do casal, que também comanda a Cia Entreato, os levou a idealizar e construir uma casa que tinha como objetivo servir como sede para a companhia teatral. A fachada de paredes tortas buscava quebrar as regras do que é considerado comum na nossa sociedade, permitindo criar um universo de fantasia. O lugar, inaugurado em 12 de outubro de 2016, no dia das crianças, se tornou um ponto turístico e tem suas portas abertas para a visitação.

Anúncios

2 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s