Retrospectiva dos livros lidos em 2020

Retrospectiva 2020 – Livros

Com o distanciamento social e mais tempo passado em casa do que em qualquer outra época da vida, era de se imaginar que eu tivesse investido em boas leituras. Acontece que eu acabei me dedicando a outras coisas, como crescer como pessoa, aprender uma nova língua e ver bem mais séries do que eu tenho costume. A quem estou tentando enganar, eu também passei muito tempo no celular, dormi profundamente e comi como um louco. Ainda assim, li livros e já falei de alguns deles em postagens anteriores. Agora, segue a lista completa, começando pelos que mais gostei.


Sapiens: Uma breve história da humanidadeYuval Noah Harari

Sapiens: uma breve história da humanidade

Originalmente publicada em hebraico, a obra já foi traduzida para dezenas de idiomas e se tornou um best-seller em diversos países. O autor usa uma linguagem bastante acessível, apesar de seu conteúdo denso. O texto traz descobertas históricas desde antes do surgimento do homo sapiens e também reflexões sobre a organização social, a relação entre povos subjugados e seus dominantes, a herança cultural, o papel das religiões, as organizações políticas, a exploração dos animais e do meio ambiente, o uso do dinheiro, as necessidades reais do ser humano e a busca pela felicidade. Em diversos momentos, me vi relacionando os temas com o meu dia a dia e questionei diversas percepções que eu tinha como verdade.


A assombração da Casa da ColinaShirley Jackson

A assombração da Casa da Colina

Considerada uma das melhores histórias de horror já escritas, a obra foi inspirada em um grupo de pesquisadores psíquicos que se propuseram a fazer estudos em uma suposta casa mal-assombrada, buscando evidências científicas para a existência do paranormal. A trama segue uma mulher solitária que, por muitos anos, cuidou da mãe adoentada. Ela vê a possibilidade de uma nova vida ao ser chamada, junto a outras pessoas, para passar o verão em um local conhecido por suas manifestações fantasmagóricas. Embora narre fatos assustadores, o foco está no relacionamento entre os personagens, que se encontram forçados a conviver em situações de estresse emocional. A construção da história leva o leitor a questionar a sanidade dos personagens. Afinal de contas, seus medos e angústias são justificados por fatos reais ou tudo se passa em suas mentes, reagindo à já conhecida fama do lugar?


A revolução dos bichos George Orwell

A revolução dos bichos

Essa sátira do regime comunista mostra a revolta de animais cansados de serem explorados pelos humanos, tomando posse de uma fazenda e propondo um sistema cooperativo e igualitário. Ao longo do desenvolvimento da trama, é possível identificar a referência a figuras reais como Karl Marx (autor das ideias), Leon Tróski (líder revolucionário) e Josef Stalin (tirano). Como se pode imaginar, não demora muito para que alguns dos bichos assumam o poder e passem a usufruir de privilégios, restituindo aos poucos um regime de opressão que irá massacrar qualquer um que descorde de seus rumos. Passadas várias décadas desde seu lançamento, o livro há muito transcendeu os marcos históricos da era stalinista e pode ser lida como uma das mais extraordinárias fábulas sobre o poder já produzidas.


Eu estou pensando em acabar com tudo Iain Reid

Eu estou pensando em acabar com tudo
Eu estou pensando em acabar com tudo

Investindo no suspense e com referências ao terror clássico, esse livro também traz elementos de drama e questões filosóficas que o tornam bem mais interessante e complexo que outros exemplares do gênero. A história mostra um casal de namorados em um carro a caminho da fazenda dos pais do rapaz. Durante a longa viagem por estradas desertas e escuras, em meio a um clima gelado, ele parece empolgado com a possibilidade de apresentá-la à sua família, enquanto a garota se mostra tensa por estar recebendo ligações de um homem misterioso, relembra fatos marcantes de seu passado e pensa em encerrar o relacionamento. Desde o começo você sente que tem algo estranho com o casal e onde quer que se encontrem, o ambiente é, potencialmente, hostil.


Na natureza selvagem Jon Krakauer

Na natureza selvagem

O livro resgata as viagens de Christopher McCandless, um jovem que doou todo o seu dinheiro para uma causa comunitária após sua graduação na faculdade, adotou um novo nome e começou uma longa jornada pelo oeste americano. A história ganhou destaque após seu corpo ser encontrado já em decomposição dentro de um ônibus, em uma região remota do Alasca. Mas a obra vai muito além da curiosidade acerca da morte, buscando refletir sobre os conflitos internos que enfrentamos para nos adequar à sociedade, a necessidade de bens materiais, o perigo de se arriscar em ambientes selvagens, a busca por espiritualidade e outros tantos pontos de discussão.


O terrorDan Simmons

Tragédia no gelo

Tomando como base fatos históricos, essa ficção conta a viagem financiada pela coroa britânica em 1845 pelo ártico canadense. Com o objetivo de encontrar o caminho pelos mares do norte, passando acima do continente norte-americano, os barcos acabam presos no gelo com a chegada do inverno, fazendo com que os capitães e tripulações passem a lutar pela sobrevivência enquanto aguardam o desgelo ou a chegada de um possível resgate. A remota região do Círculo Polar Ártico, composta por diversas penínsulas e ilhas rodeadas de canais e mares que congelam no inverno, era pouco frequentada e ainda não havia sido mapeada. Além disso, os desafios incluíam o aquecimento dos porões, a administração do estoque de comida, o tratamento de doenças, as complicadas relações entre as pessoas presas em uma situação extrema e o terror causado por uma misteriosa criatura – inserindo aí elementos fantásticos.


Os outros livros que li esse ano foram:

A volta do parafusoHenry James
Uma jovem governanta tem a missão de cuidar de duas crianças em uma remota mansão nos arredores de Londres, mas acredita que a paz do lugar está sendo perturbada por fantasmas do passado.

A ilha misteriosa Jules Verne
Cinco pessoas ficam presas em uma ilha deserta contando somente com a roupa do corpo. Enérgicos e determinados, eles refazem toda a longa trajetória da civilização com explorações e invenções.

The undoingJean Hanff Korelitz
Uma terapeuta que acredita saber tudo sobre mulheres, homens e casamentos, começa a descobrir segredos em sua própria vida. Ainda não lançado em português, esse livro se chamava, originalmente, You should have know e recebeu um novo nome e publicação após a adaptação para série de televisão.

Deuses americanosNeil Gaiman
Um prisioneiro perde sua esposa na véspera de sair da cadeia e se vê envolvido em uma saga que envolve deuses americanos, desde os tempos mais antigos até os dias atuais, incluindo tecnologias.

Compre um Kindle

Além das versões impressas, é possível ler essas obras no Kindle, dispositivo que mudou a minha relação com a leitura ao permitir carregar uma quantidade enorme de livros em um aparelho cuja bateria dura por vários dias, tem uma tela que não cansa os olhos, dá acesso imediato a dicionários de significado e tradução, marca e compila trechos e outras vantagens.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s