Retrospectiva dos livros lidos em 2019

Retrospectiva 2019 – Livros

Acredito que todo mundo gosta de fazer um balanço do que aconteceu em sua própria vida no ano que está chegando ao fim. Além de pensar nas conquistas, dramas e tudo mais, também dou uma analisada nas minhas músicas, séries, filmes e viagens, além, é claro, das leituras que apresento abaixo. Com a correria do dia a dia, acabo não lendo todos os livros que pretendia, já que é uma atividade que demanda mais tempo, mas aí vai a lista de 2019.


China’s silent armyJuan Pablo Cardenal e Heriberto Araújo

China's silent army

Geralmente eu leio mais ficção, mas essa obra me foi recomendada e acabou sendo a preferida do ano. Infelizmente não encontrei para ler em português – o original é espanhol, mas preferi pegar a versão em inglês, já que tenho mais domínio da língua. O texto é o resultado de um jornalismo investigativo que revela a extensão das conquistas do governo chinês no mundo, com foco nos países subdesenvolvidos da Ásia, África e América Latina. Foram dois anos de viagens entrevistando trabalhadores, comerciantes, empresários, ativistas, políticos e outras pessoas, com um resultado assustador e fascinante.


A vida invisível de Eurídice GusmãoMartha Batalha

A vida invisível de Eurídice Gusmão

Fui atrás desse livro assim que assisti ao trailer da adaptação cinematográfica, que acabou sendo escolhida para representar o Brasil no Oscar no lugar do superior Bacurau. No fim das contas, achei o filme apenas bom e a obra literária me agradou bem mais. Além de fatos marcantes da história do Rio de Janeiro, o grande destaque é para a vida das mulheres em uma sociedade machista, demonstrando a falta de liberdade, os projetos frustrados por convenções sociais, a influência da moral e dos bons costumes e outros detalhes sórdidos. Incrível como muitos dos temas tratados ainda se mantém tão atuais.


Picnic at Hanging RockJoan Lindsay

Picnic at Hanging Rock

Outro livro que eu li em inglês, mas dessa vez depois de ter visto e me encantado com o filme. Publicada pela primeira vez em 1967, a história do desaparecimento de algumas mulheres durante um piquenique promovido por uma escola da alta sociedade logo se tornou um clássico. A atmosfera de mistério ainda causa discussões nos dias de hoje, com vários leitores e estudiosos sugerindo soluções que vão desde explicações lógicas até aspectos transcendentais para os acontecimentos.


Viagem ao centro da TerraJules Verne

Viagem ao centro da Terra

Depois de tanto ouvir falar sobre esse autor, que é considerado por muitos o pai da ficção científica, finalmente resolvi ler os livros da coleção de viagens extraordinárias. A trama nos apresenta o renomado professor Otto Lidenbrock, geólogo e mineralogista que descobre uma mensagem criptografada descrevendo uma viagem. Excitado com a ideia de fazer descobertas científicas, ele não hesita em se lançar na mesma aventura por paisagens inóspitas.


Além dos citados acima, que se destacaram mais, também li outros livros, sendo que somente o último da lista não me agradou particularmente.

Alucinações musicaisOliver Sacks
Alta fidelidadeNick Hornby
A volta ao mundo em 80 diasJules Verne
20 mil léguas submarinasJules Verne
O inventário das coisas ausentesCarola Saavedra

 

2 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s