Viagem ao centro da Terra

Viagem ao centro da Terra ★★★★☆

Ano: 1864
Autor: Jules Verne

Com a leitura de mais obra de Jules Verne nesse ano, posso dizer sem sombra de dúvidas que gosto bastante do estilo dos livros que fazem parte da série Viagens extraordinárias: 20 mil léguas submarinasA ilha misteriosaViagem ao centro da Terra e A volta do mundo em 80 dias. Neles estão retratadas viagens que envolvem avanços tecnológicos e descobertas científicas, mas que também levam a mudanças na vida dos personagens e no modo que veem o mundo e as pessoas à sua volta. Embora as histórias estejam repletas de situações fantásticas, é possível se identificar com vários aspectos do enredo – no meu caso, a vontade de explorar novos locais e culturas.

Jules Verne
Jules Verne

Jules Verne é, ainda hoje, um dos autores mais famosos e lidos de todo o mundo. Muitas vezes chamado de pai da ficção científica, o autor não inventou o gênero de viagens subterrâneas, mas seu livro foi muito importante para popularizar o tema e influenciar futuras escritas. Como acontece na maioria das suas obras, o enredo é baseado nos conhecimentos, históricos, científicos ou populares que se tinha à época em conjunto com a criatividade do autor.

Viagem ao centro da Terra

A história da Viagem ao centro da Terra, por exemplo, teve inspiração nos livros Principles of geology, escrito nos anos 1930, e Geological evidences of the antiquity of man, datado de 1863, ambos de Charles Lyell. Nesse tempo os geólogos já haviam abandonado a ideia da criação bíblica e identificado o surgimento da humanidade ao fim da última era glacial, mas Lyell usou novas descobertas para argumentar que as origens do homem eram ainda mais antigas.

Personagens embarcam em jornada cheia de aventuras
Personagens embarcam em jornada cheia de aventuras

Um dos personagens principais do livro, o renomado professor Otto Lidenbrock, é justamente um geólogo e mineralogista. Ao descobrir uma mensagem criptografada que descreve uma viagem ao centro da Terra, ele não hesita em se lançar na mesma aventura. Além dele, o livro segue basicamente mais duas pessoas: o seu sobrinho e colega de profissão, embora defensor de teorias científicas diferentes, Axel; e o impassível Hans, o guia local que os conduz pelas paisagens inóspitas da Islândia, país onde se passa uma boa parte da história.

Compre o livro Viagem ao centro da Terra

Obviamente que muitos dos conhecimentos mostrados são datados, então não dá para considerar a leitura uma fonte de informações científicas nos dias de hoje – muito menos quando entramos na parte mais fantasiosa da história. Ainda assim, é um livro que envolve bastante o leitor. Eu devorei essa Viagem ao centro da Terra em poucos dias e não posso imaginar a curiosidade dos leitores que recebiam capítulos publicados em periódicos a conta-gotas. Além do texto integral, a edição que li traz cerca de trinta ilustrações originais que ajudam bastante a visualizar as criativas situações apresentadas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s