Cooper's Old Time Pit Bar-B-Que

Austin – Cooper’s Old Time Pit Bar-B-Que

Apesar de ter ficado um bom tempo no estado, somente nos últimos dias da viagem, na cidade de Austin, é que eu fui comer um típico churrasco texano. O termo pit barbecue faz referência à técnica de preparar carnes e vegetais enterrados, mas, no caso do sul dos Estados Unidos, é usada uma churrasqueira fechada com a carne cozinhando lentamente por muito tempo e usando várias madeiras para dar um sabor defumado. Com isso, o tecido conjuntivo é amolecido, resultando em maior maciez. Também é uma das características do East Texas Style o uso de um molho com base de tomate. O local escolhido foi o Cooper’s BBQ, cujos dias e horários de funcionamento podem ser conferidos na página oficial.


Ambiente ★★★★★

A quadra de número 200 da Congress Avenue foi ocupada por diversos pubs, bares, cafés e restaurantes ao longo dos anos. Atualmente, o espaço tem prédios mais modernos e eu cheguei a entrar no JW Marriott Austin para tomar um café no Starbucks. Originalmente, era justamente um hotel que ficava no número 217 onde, hoje, funciona a churrascaria. Corre na boca de Matilde que o segundo andar do Travis Hotel tinha uma cat house, mais conhecido em bom português como “puteiro”.

Bar com decoração antiga
Bar com decoração antiga

O ambiente do Cooper’s BBQ resgata bastante o visual antigo dos estabelecimentos que ocupavam a região, com móveis velhos de madeira, iluminação baixa, tubulações aparentes, fotos nas paredes, tijolinho à vista e outros elementos diversos. Obviamente também se investiu em elementos modernos tanto para trazer conforto, como o controle da temperatura interna, quanto divertimentos com televisores grandes transmitindo jogos.

Salão interno
Salão interno

Além da área do bar, onde são preparados, servidos e consumidos os drinks para quem quer se sentar junto ao balcão em ilha, também tem a parte das mesas comunitárias, mais adequada para fazer refeições. Elas são compridas, com bancos grandes e algumas cadeiras, então um grupo pequeno certamente irá dividir o espaço com pessoas desconhecidas.

Mesas no pátio externo
Mesas no pátio externo

Tem ainda um pátio externo, mas não havia quase ninguém lá quando eu fui porque estava fazendo frio e nesse horário não estava lotado. Imagino que o local fique cheio mais tarde, quando o pessoal chega para o happy hour. Tem também muitas mesas na parte superior chamada Llano Lounge, onde há um palco para música ao vivo e não mais um local de prostituição.


Serviço ★★★★☆

Eu fui em um horário tranquilo e ainda assim tinha uma pequena fila para fazer os pedidos e pagamento, então, acredito que seja necessário ter um pouco de paciência na hora de grande movimento. Eu considero isso normal em um estabelecimento famoso como esse, ainda mais quando localizado na região turística da cidade.

Balcão de pedidos
Balcão de pedidos

O serviço funciona de um jeito bem simples, do jeito que eu gosto. Basicamente, se você foi para comer, basta pegar a fila que se forma perto do balcão e fazer o seu pedido de carne. Tem um funcionário que corta e coloca em uma bandeja com papel, pergunta se a quantidade está o suficiente, se você quer com ou sem molho, etc. Dali você segue para a parte de acompanhamentos, sendo que alguns ficam em uns potinhos fechados e você mesmo coloca na bandeja e outros são servidas pelos funcionários. Por fim, eles pesam a carne, somam os acompanhamentos e já é feito o pagamento.

Refrigerantes e chás
Refrigerantes e chás

No caso dos refrigerantes, do chá e outras bebidas, eles te dão um copo do tamanho desejado no caixa e você mesmo se serve. Também fica por sua conta pegar os talheres, sachê de sal e outras coisas. Uma vez satisfeito, basta procurar uma mesa por conta própria, se sentar e comer. O que eu gosto desse esquema é que você não precisa ficar esperando aparecer um garçom para fazer o pedido, o que acaba sendo mais lento.


Preço ★★★☆☆

Carne não é uma coisa barata nos Estados Unidos, mesmo quando você compra direto no açougue. Quando você vai em um restaurante, a coisa é ainda pior. No caso do churrasco, você paga pelo peso. É importante observar que o preço é por libras, então considere converter em quilos para você ter uma noção melhor do quanto vai gastar. Por exemplo, se custa $10,00 por libra, o preço em quilo será 22 dólares. Beeeem caro, principalmente se considerarmos a desvalorização da nossa moeda em comparação com o dólar.

Temperos e molhos
Temperos e molhos

Já os acompanhamentos e bebidas tem porções já definidas. O cardápio completo pode ser acessado na página oficial. Eles também têm uma prateleira com produtos à venda como o famoso molho barbeque da casa, mix de temperos, canecas, camisetas e coisas do tipo.


Comida ★★★★★

Quando a gente está gastando muito, é preciso pensar se o valor é justificado pela qualidade do produto. Eu confesso que não me importei tanto com o preço porque achei a comida deliciosa.

Carnes do pit barbeque
Carnes do pit barbeque

As proteínas ficam dispostas em uma churrasqueira e são servidas pelo funcionário. Você pode escolher quantas quiser, já que vai pagar no peso. Entre as opções estão a costela, picadinho, lombo e outras partes do boi, variados cortes de porco, carne de frango, peru, linguiça, cabra e outros. Eu escolhi o brisket, que é uma das opções mais famosas do local, e pedi para colocar o molho e deixar a carne bem molhadinha.

O famoso brisket texano
O famoso brisket texano

O brisket é o corte do peito bovino mais tradicional do churrasco texano, principalmente quando preparado na técnica do pit barbeque que expliquei lá no começo. Basicamente, ele é assado e defumado por muitas horas sem contato direto com o calor, em um compartimento fechado. O tempero é uma crosta de ervas, sais, pimentas e açúcar mascavo. O resultado é uma carne extremamente macia, que chega a desmanchar na boca. Tem gordura também, mas não tanto quanto parece na foto, já que ali ela está banhada de molho.

Acompanhamentos do churrasco
Acompanhamentos do churrasco

O Cooper’s BBQ tem várias opções de acompanhamentos clássicos como saladas, batata assada, mac-n-cheese, milho verde, feijão e outros. Se você estiver com mais pessoas, o ideal é pegar opções diversas e dividir. Foi justamente isso que eu fiz, pegando uma salada de batata e uma salada de folhas.

Refeição completa
Refeição completa

No fim das contas, foi bastante comida e fiquei muito satisfeito com a refeição. Esse restaurante tinha sido recomendado por ser bem famoso e não fiquei nem um pouco decepcionado. A rede teve as suas origens nos anos 1950, mas a unidade de Austin só foi inaugurada em 2016.


Resumo ★★★★★

Eu gostei tanto da refeição do Cooper’s Old Time Pit Bar-B-Que que, imediatamente, comecei a pesquisar como preparar um brisket em casa. É um tanto complicado, então achei mais fácil voltar lá outro dia para comer mais uma vez antes de voltar para casa. Uma pena que eu só me atentei a esse churrasco texano no final da viagem, já que teria aproveitado para experimentar outros cortes como o big chop, o mais famoso da casa.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s