Mercado da Boca

Nova Lima – Mercado da Boca

Inaugurado no início de 2018, o Mercado da Boca foi inspirado em grandes empreendimentos internacionais que reúnem em um mesmo espaço diversas opções gastronômicas, espaços para eventos e outros atrativos, mas trazido para a realidade e os costumes brasileiros. Funcionando em um galpão com 4.000 m2 na região metropolitana de Belo Horizonte, no número 156 da Avenida Toronto, no bairro Jardim Canadá de Nova Lima, o local logo se tornou o destino ideal para um almoço, happy hour ou jantar.


Ambiente ★★★★★

O food hall, como é chamado no exterior e foi adotado aqui, nada mais é que uma grande praça de alimentação. A diferença dela para o que encontramos em shopping centers é que não estão ali grandes redes de fast foods, mas sim uma experiência gastronômica de maior qualidade. Ao mesmo tempo, mantém-se um clima de descontração.

Ambiente interno do mercado
Ambiente interno do mercado

O espaço possui grandes mesas comunitárias que, em muitas ocasiões, serão divididas entre pessoas desconhecidas. No centro do ambiente, ficam os bares divididos por temas como chopp e cervejas artesanais, drinks, gin e vinho. Visualmente, eu achei tudo bem interessante, já que gosto bastante desse estilo mais industrial, com as tubulações aparentes, diversas luzes penduradas e a combinação de madeira, concreto e metal.

Escola da Boca
Escola da Boca

Além das opções gastronômicas, há um espaço reservado para a Escola da Boca, onde são realizados cursos diversos. Quando eu passei por lá, vi cartazes anunciando as oficinas de charcutaria, na qual os alunos poderiam aprender a defumar bacon com whisky e mel, e de caipis gourmet, com drinks diversos. O calendário das aulas e outros eventos pode ser conferido na página oficial.

Mesas na área externa
Mesas na área externa

Outro destaque é o ambiente externo, que conta com algumas mesas e também tambores para quem preferir ficar em pé e apenas apoiar uma bebida. Além das opções gastronômicas, o Mercado da Boca também conta com um empório, loja de souvernirs, espaço kids, salão de eventos particulares e outros.


Serviço ★★★☆☆

Quando eu fui no Mercado da Boca, cheguei cedo e estava bastante tranquilo nas ruas próximas, então preferi deixar o meu carro na rua do que pagar o estacionamento terceirizado, mas fica aí a informação de que há centenas de vagas disponíveis no local. Já o mercado tem entrada gratuita, então você pode ir somente para conhecer, sem a necessidade de consumir nada.

Exposição de pratos
Exposição de pratos

Eu acho pouco provável, entretanto, que você consiga sair de lá sem comer ou beber, pois as opções são bastante atrativas. No caso das refeições, os restaurantes deixam em cima do balcão os pratos montados, geralmente com placas que indicam os nomes, pequenas descrições e os preços. Assim todos podem ver os ingredientes, a quantidade, a montagem. Tudo bem que depois de um tempo eles ficam com uma aparência um pouco passada e, consequentemente, menos apetitosos para os molhos, mas ainda assim considero uma boa. Seja como for, não há garçons oferecendo os serviços pelo salão, cada cliente deve se dirigir ao caixa do estabelecimento escolhido e pedir e já pagar pelo seu prato, pegando em seguida e se dirigindo para a mesa.

Bar de drinks
Bar de drinks

Já no caso das bebidas, durante os finais de semana até o encerramento há um serviço de garçons, o que faz bastante sentido porque você não precisa ir a todo momento até o balcão para fazer um novo pedido. Basta abrir uma comanda e ir anotando o consumo.

Praça de alimentação
Praça de alimentação

Eu fiquei no andar de baixo, que estava bem mais tranquilo e tinha o restaurante onde eu queria comer. O problema de ter dois andares é que as pessoas de um mesmo grupo podem querer comer e beber coisas diferentes, daí acontece uma certa divisão. O que eu vi lá como solução para isso foi um dos restaurantes mandando mensagem ou ligando para o celular do cliente quando a comida estava pronta para ser buscada, mas não sei se todos fazem isso.


Preço ★★★☆☆

Como se trata de um lugar com estabelecimentos comandados por chefes renomados, era de se esperar que os preços fossem acima da média. Sinceramente, eu achei os valores justos, principalmente se considerarmos que pagaríamos o mesmo tanto em refeições de uma praça de alimentação de shopping center com opções bem mais genéricas.


Comida ★★★★★

Como são mais de quinze opções de restaurantes no ambiente, cada um com pratos diversos, obviamente que eu experimentei apenas uma pequena parcela do que está disponível. Tem locais especializados em frutos do mar, massas italianas, sanduíches, culinária francesa, contemporânea, panificação, tradicional brasileira, cozinha do mundo, gastronomia mineira, pizzas, tapas, comida de boteco e outras, incluindo sobremesas como churros e sorvetes. Enfim, é impossível que alguém vá ao Mercado da Boca e não encontre nada que lhe agrade. Os comes e bebes podem ser acessados na página oficial.

Fraldinha braseada com linguine ao cacio e pepe
Fraldinha braseada com linguine ao cacio e pepe

Entre as várias disponíveis, me chamou a atenção os pratos servidos na Experiência Rullus, talvez porque eles estivessem sendo preparados ali às vistas de um número considerável de clientes – onde tem muita gente a comida deve ser boa. Acabei escolhendo a fraldinha braseada com linguine ao cacio e pepe (queijo e pimenta), que era certamente o prato mais pedido do local. A massa estava bem cremosa, a carne desmanchando e o acompanhamento de farofa de panko com castanhas deu uma crocância e sabor bem interessantes.

Soda italiana
Soda italiana

O esquema do mercado é que você pede as coisas em locais diferentes. Os restaurantes vendem as comidas, mas não tem bebidas, que são vendidas nos stands centrais. Como eu estava dirigindo, fui até o bar de drinks e pedi uma soda limonada, que basicamente é água com gás misturada com o sabor que você escolher de xarope de fruta e rodelas de limão. Eu acho bem gostoso e uma ótima opção para substituir o refrigerante ou a bebida alcoólica.

Tartelete de limão
Tartelete de limão

As sobremesas foram compradas na padaria Marché, cujos produtos podem tanto ser consumidos no local quanto levados para casa. Eu comi um tartelete de limão que estava gostoso, mas tinha várias outras opções doces, além de pães, queijos e frios, entradas e antepastos.


Resumo ★★★★☆

Com um ambiente que é, ao mesmo tempo, simples e sofisticado, com comidas de qualidade e bons preços, que promove o encontro de amigos, famílias e também pessoas desconhecidas em um clima descontraído, com gastronomias das mais diversas e outros atrativos, só posso dizer que adorei a experiência. Fora que fiquei com bastante vontade de voltar para experimentar outros pratos, então, certamente, vou voltar mais vezes.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s