A outra face

A outra face ★★★★☆

Título original: Breadwinner
Ano: 2017
Direção: Nora Twomey
Elenco: Saara Chaudry, Soma Bhatia, Noorin Gulamgaus, Kane Mahon, Laara Sadiq, Ali Badshah, Shaista Latif, Kanza Feris, Kawa Ada, Ali Kazmi e Mran Volkhard

Breadwinner, título original da obra, pode ser traduzido para o português brasileiro como arrimo de família. A expressão popular trata da principal ou única pessoa responsável pelos meios de subsistência de sua casa, sendo considerada a tábua de salvação dos familiares. No caso dessa história, é uma criança forçada a trabalhar em decorrência dos conflitos da era Talibã no Afeganistão.

A outra face, livro sobre uma garota afegã

Deborah Ellis é uma escritora e ativista canadense cuja grande parte dos trabalhos é inspirada por suas viagens e conversas com pessoas ao redor do mundo. Engajada em movimentos pela paz e contra a guerra, ela foi para o Paquistão em 1997, quando entrevistou diversos refugiados. O material foi utilizado para uma série de livros sobre a garota Parvana:

A outra face (The Breadwinner, 2001)
A viagem de Parvana (Parvana’s Journey, 2002)
Meu nome é Parvana (My name is Parvana, 2011)

A outra face, livro escrito por Deborah Ellis

Completa a série o livro Mud City (2003), que parece não ter sido lançado em português e conta a história de uma amiga da personagem principal, Shauzia. Em 2017, estreou o filme em animação que mostra a história de Parvana e sua família. Eu não tive oportunidade de ler os livros, mas, pelo que vi de um resumo, parece ter várias coisas diferentes. A premissa, entretanto, é a mesma.

Parvana e seu pai
Parvana e seu pai

Parvana é uma menina que ajuda seu pai, Nurullah, a vender produtos e ler e escrever cartas em um mercado de rua da cidade de Kabul. Quando Nurullah é preso injustamente por um jovem membro do Tabilã, sua família fica em uma situação difícil, pois não é permitido às mulheres sair na rua sem o acompanhamento de um homem.

Os talibãs são conhecidos como extremistas do ideal político-religioso que tem como objetivo recuperar todos os aspectos do islamismo, principalmente nas áreas cultural, social, jurídica e econômica, incluindo a criação de um Estado teocrático. A proposta do filme não é se aprofundar nas motivações de tal movimento, mas sim mostrar as suas consequências sob o ponto de vista de uma criança.

Parvana se veste de menino
Parvana se veste de menino

Ao sair na rua para comprar comida, Parvana percebe que ninguém sequer vende produtos para uma menina por medo de represálias dos soldados do regime. Ela decide, então, cortar seus cabelos e usar as roupas do seu falecido irmão, adotando o nome de “Aatish” e assumindo a imagem de menino para conseguir sustentar sua família.

Além do papel da mulher na sociedade, são tratados temas como pobreza, analfabetismo, abuso de poder, violência, problemas familiares, fanatismo religioso e guerra. É um filme pesado, mas que também encontra espaço para a beleza e poesia, principalmente nas lúdicas cenas que ilustram a história contada por Parvana para seu irmãozinho mais novo.

História ilustrada em animação tradicional
História ilustrada em animação tradicional

Aliás, é importante destacar a beleza dos desenhos desse filme, feito em animação tradicional. A obra serve para nos lembrar que esse estilo continua sendo uma ótima ferramenta para contar histórias fortes, com imagens repletas de expressividade e, por que não, voltadas tanto para as crianças, quanto para um público adulto.

Anúncios

2 comentários

  1. Essa animação é linda! Não sabia que era inspirada em livro… é sensível e denso, tudo ao mesmo tempo. E fiquei encantada com as histórias que a Parvana conta para o irmãozinho… Muito bom mesmo!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s