Museu Casa Guignard

Ouro Preto – Museu Casa Guignard

Alberto da Veiga Guignard nasceu em Nova Friburgo, no Estado do Rio de Janeiro, em 1896. Durante a infância, mudou-se para a Europa com a família e por lá morou por mais de vinte anos, tendo a oportunidade de estudar desenho e pintura na Itália e na Alemanha. De volta para o Brasil, em 1929, passou a residir na cidade do Rio de Janeiro, mantendo um ateliê no Jardim Botânico, além de assumir a profissão de professor de arte.

A mudança para a capital mineira se deu a convite de Juscelino Kubitschek, então prefeito de Belo Horizonte, em 1944. Ali esteve à frente da escola de pintura que hoje traz seu nome, tendo papel decisivo na formação da geração de artistas modernistas mineiros.

Cidade histórica retratada pelo artista
Cidade histórica retratada pelo artista

Em suas viagens pelas cidades históricas do estado, ia com frequência para Ouro Preto, à que chamava de “cidade amor inspiração” e aparece em diversas de suas obras. Ali passou longas temporadas, sendo constantemente visto com o seu cavalete aberto ao público, que o assistia trabalhar. De fato, morou os últimos meses de vida em Ouro Preto, onde pretendia se instalar na casa por ele adquirida na Rua Conselheiro Quintiliano, no Bairro das Lages. Os planos foram interrompidos com o seu falecimento, em 1962.

E é justamente na histórica cidade mineira que fica o Museu Casa Guignard, na Rua Conde de Bobadela, 110 – antigamente chamada de Rua Direita. A criação do museu decorre de um longo processo iniciado em 1960, ano em que o artista ainda estava vivo e foi instituída a Fundação Guignard, que tinha como objetivo preservar e divulgar a obra do artista, assegurando apoio moral e material para a continuidade de seu trabalho. Embora o Governo do Estado de Minas Gerais tenha apresentado o projeto de lei de criação do museu em 1963, a ideia só foi retomada na década de 1980.

Fachada do museu
Fachada do museu

Localizado em ponto privilegiado do centro histórico de Ouro Preto, o museu funciona em um casarão do início do século XIX, integrando o conjunto arquitetônico tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN. O edifício, que pertenceu à família do vice-governador republicano Joaquim da Costa Sena, serviu como residência particular até o início dos anos 1980, quando foi adquirida pelo Estado e restaurada para atender ao uso como museu. No pátio interno, destaca-se o chafariz em pedra-sabão, cuja autoria é atribuída a Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho. Ao contrário do que se pode pensar, o artista nunca chegou a residir no local.

Exposição das obras do artista
Exposição das obras do artista

O museu possui acervo diversificado dos trabalhos do artista, como pinturas, desenhos, objetos de uso pessoal e no ofício, fotografias e documentos textuais. Sua capacidade e inventividade pode ser observada nos mais variados suportes por ele utilizados, como papel, madeira e tecido. As exposições variam com o tempo. Quando eu fiz a visita, o foco de uma das salas era nas ilustrações – muitas delas em livros e publicações. As janelas da casa estavam tomadas por vários desses desenhos que, podendo ser vistos da calçada da rua, convidam os turistas a adentrar no museu e conhecer a sua outra.

Retratos feitos por Guignard
Retratos feitos por Guignard

Guignard pintava a realidade ao seu redor, retratando a paisagem que o circundava, os frutos, as flores, os objetos, os instrumentos de trabalho, a música que ouvia, os poemas que leu, os amigos, os alunos e a si próprio. Uma das salas da casa dava destaque aos retratos, nos quais se distanciava de soluções estereotipadas e buscava maneiras novas de abordar o seu modelo.

Os dias e horários de funcionamento, além de outras informações, podem ser acessadas na página oficial do museu.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s