Segunda Praia de Morro de São Paulo

Morro de São Paulo – Segunda Praia

Para quem gosta de mais estrutura para receber o turista, essa é a praia mais indicada de Morro de São Paulo. Também a mais agitada, já que possui espaços para a prática de esportes, tanto na água, quanto na areia, música ao vivo durante boa parte do dia em vários restaurantes e barraquinhas vendendo drinks a noite. A faixa de areia é bem extensa, então é o local ideal para a realização de eventos a céu aberto, como os luaus noturnos barraquinhas de artesanato e caipifrutas. Além disso, o acesso é muito fácil, já que fica ainda dentro da vila, com várias pousadas próximas.

Passarela de madeira
Passarela de madeira

A passarela de madeira, por onde o turista inevitavelmente irá passar diversas vezes durante a sua estadia em Morro de São Paulo, divide a praia das construções da vila. Ali estão diversas pousadas e restaurantes, mas também há outros comércios como supermercados, lojas e farmácia. Ou seja, uma estrutura completa para quem se hospeda ou visita a região. Esses são os mesmos restaurantes que atendem os bebidos na praia, então é bom estar atento para onde você vai ficar caso tenha alguma preferência ou indicação prévia.

A barraca à beira do mar é paga
A barraca à beira do mar é paga

Também é importante esclarecer alguns detalhes sobre essas barracas. A não ser que a pessoa tenha uma casa na vila, é pouco provável que ela esteja viajando com seu próprio guarda-sol. E a gente gosta dessas comodidades: ter um lugar para se sentar/deitar, uma mesa para apoiar os objetos, sombra e água fresca, enfim. Naturalmente, a maioria das pessoas que vai para a praia quer ficar o mais próximo possível do mar, só que é cobrado um valor por guarda-sol, que deve ser pago em dinheiro para o funcionário que te atender. O que alguns deles não dizem, é que você não precisa pagar nada se ficar em uma mesa um pouco mais atrás – uma economia de 30 ou 40 reais por poucos passos de distância. Aliás, o atendimento não é maravilhoso, já que as barracas ficam consideravelmente longe dos restaurantes. Imagino que deva ser um pouco complicado na época da alta temporada – eu fui em maio e em outubro, então estava tranquilo.

Porção de isca de peixe
Porção de isca de peixe

Seja qual for a sua escolha, você deve consumir algo, já que está fazendo uso do espaço do restaurante. Comida de locais muito turísticos nunca são uma pechincha, então recomendo dar uma olhada no cardápio antes se definir onde que vai ficar. Eu, particularmente, gosto de pedir pelo menos uma porção da barraca para ir enganando a fome e deixar para almoçar mais tarde. Se você quiser ficar muito tempo na praia, pode almoçar lá mesmo, já que é possível pedir refeições completas dos restaurantes.

Muitas opções de drinks
Muitas opções de drinks

Uma bebida também não pode faltar, já que combina muito com praia e ajuda a refrescar. Apesar disso, nada te impede de levar suas coisas ou comprar um aperitivo de um dos ambulantes que ficam circulando pela praia vendendo empadas, queijo assado ou qualquer coisa do tipo. Aliás, devo dizer que Morro de São Paulo é bem tranquilo nesse sentido. Tem algumas praias que eu fico extremamente incomodado com a quantidade de pessoas vendendo seus produtos, de maneira insistente, quando tudo que você quer fazer é fechar os olhos e ficar ouvindo o barulhinho do mar. Eu sei, eles estão trabalhando, precisam, etc. Mas tem momentos em que enche o saco – mas não é o caso aqui.

O mar é bastante tranquilo
O mar é bastante tranquilo

O mar não tem muitas ondas, provavelmente devido à quantidade de recifes de corais próximos à praia. De manhã a maré está tão baixa que é possível ficar deitado. À medida que passam as horas, o mar vai subindo, mas mesmo assim ainda é bastante raso e, como a areia é bem plana, você pode ir andando até lá na frente que vai continuar dando pé. O esporte mais praticado é o stand up paddle, que pode ser alugado no local. Você recebe as instruções de como deve se posicionar ou remar – basicamente ficar em pé e dar umas voltas. É engraçado porque algumas pessoas simplesmente não conseguem se adaptar e caem infinitas vezes até que se esgota o tempo. Mas acredito que parte da diversão está nisso aí!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s