Casa de Piedra Atacameña

San Pedro de Atacama – Casa de Piedra Atacameña

Durante a minha estadia em San Pedro de Atacama, estive mais focado em almoçar nos restaurantes que tinham menu do dia, pois assim tinha a oportunidade de comer entrada, prato principal e sobremesa por um preço mais acessível. Como o Casa de Piedra não estava com essa opção, acabei deixando para passar por lá a noite para comer uma porção.

Aparentemente, a especialidade do local são as comidas atacameñas, mas também há destaque para as pizzas e a parte do bar, com a preparação de vários drinks. Na verdade, eles parecem atirar para todo lado. Nos dias em que passei na porta do restaurante, eles tinham essas placas com os pratos que estavam em oferta e a variedade ia de pratos regionais para pizza, hambúrguer, lasanha, etc.

Fogueira acesa para aquecer o ambiente
Fogueira acesa para aquecer o ambiente

Pela porta da entrada você acha que o restaurante vai ser bem pequeno, mas depois que entra e passa por um corredor onde está o bar e o caixa, você chega até o pátio no fim da casa e é um local bem amplo, com várias mesas dispostas em volta de uma fogueira que é acesa a noite. Aliás, apesar de não ter ficado muito próximo ao fogo, saí de lá com a roupa toda fedendo fumaça. É bonito, dá um clima bacana no ambiente, aquece e tudo mais – mas fede.

Couvert
Couvert

O couvert, que não é cobrado, foram esses pãezinhos com um molho levemente apimentado que estava bem gostoso. Como o clima do local é bem de bar, inclusive com happy hour (como se as pessoas estivessem lá trabalhando e não de férias) aproveitamos para pedir uma cerveja chilena para experimentar. Meu conhecimento de cervejas é ainda mais limitado que o de vinho, então não vejo lá muita diferença entre as marcas. Bebemos a cerveza Austral Calafate. De qualquer maneira, não é recomendado beber muito para evitar a desidratação e o aparecimento dos sintomas do mal de altitude.

Chorrillana
Chorrillana

Para comer, resolvemos pegar a Chorrillana, já que é um prato típico que nunca havíamos experimentado. É um prato que estamos acostumados a comer nos bares brasileiros, com a principal novidade sendo o ovo. Basicamente, é uma porção de batatas fritas com cebola, carne e um ovo frito por cima. Também pode ter linguiça, como era o caso da porção servida no Casa de Piedra. A diferença maior que eu senti foi no sabor, devido aos temperos. Também é bastante semelhante ao Lomo a lo Pobre, um prato que é mais típico do Peru, mas também é vendido no Chile. Mas, enquanto o a lo pobre é um individual, a chorrillana já é pensada e feita para ser compartilhada. Eu gostei, sem amar. Achei o gosto da linguiça meio estranho – vai saber do que isso era feito, hahaha!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s