Restaurante Sumapuriwa

San Pedro de Atacama – Sumapuriwa

Esse é um restaurante que, provavelmente, você só vai encontrar se pesquisar antecipadamente sobre ele na internet. Tanto que, quando eu fui, só tinha mais outras duas mesas ocupadas. Digo isso porque, embora esteja bem próximo Calle Caracoles, o Sumapuriwa não se encontra em uma rua em que passam a maioria dos turistas, além de funcionar dentro de um hotel, o Don Sebastian. Para ficar mais fácil de se localizar, o endereço é Domingo Atienza, 140.

Menu andino
Menu andino

Sumapuriwa significa “seja bem vindo” em aymara. O foco deles é justamente na culinária andina preparada com toques gourmet, ou seja, alta gastronomia. Ainda assim é oferecidoa uma opção mais em conta, o Menu Andino, nos mesmos parâmetros de um menu del día dos outros restaurantes da cidade, com entrada, prato principal e sobremesa. A principal diferença é que ali o pagamento é só em dinheiro. Além disso, é um pouco mais caro e não inclui bebida.

Aliás, esse foi o restaurante mais caro que eu fui em San Pedro de Atacama. Assim como o Adobe, o ambiente é decorado com temas regionais, as mesas e cadeiras são de maneira e o atendimento é mais personalizado. Aliás, como estava bem vazio, o garçom deu toda a atenção possível, mostrando as fotos dos pratos em um tablet e explicando quais eram as opções mais tradicionais.

Couvert de cortesia
Couvert de cortesia

Fomos lá para jantar e dessa vez optamos por não pedir entrada, já que o covert já era bem servido. O pão artesanal de milho com quinoa é feito na cozinha do próprio restaurante e estava bem fresco. Acompanha o tradicional prebe, condimento chileno bem parecido com o vinagrete brasileiro. Também foi servido esse milho torrado, que funciona como um amendoim para tira-gosto e o teconté, bebida alcoólica típica aymara, como é chamado o povo indígena da região, que mistura ervas, laranja, canela e cravo, servida quente como um quentão das nossas festas juninas.

Cerdo apanado en quinoa
Cerdo apanado en quinoa

Nessa noite nós optamos por não comer o menu del día e pedir os pratos de nossas próprias escolhas, já que a ideia era experimentar a culinária da região. A minha escolha foi o Cerdo apanado en quinoa, um prato que consistia em carne de porco envolta em uma crosta de quinoa bem crocante, acompanhada de purê de batata doce e maracujá, salada de folhas com feijão verde, pimentões e cebola roxa. Nem preciso dizer que estava uma delícia.

Cordero al pintatani
Cordero al pintatani

Meu namorado pediu o Cordero al pintatani, que vinha com carne de cordeiro assada ao pintatani (vinho do deserto chileno), acompanhado de purê de cenoura com ervas e salteado de toucinho e cebola roxa. Também parecia estar bem gostoso. Ambos eram pratos mais caros, mas nada extravagante ou que ultrapasse o que se paga em um bom restaurante no Brasil.

Panqueca com doce de leite
Panqueca com doce de leite

Obviamente que eu não poderia deixar de comer a sobremesa, que eu não sou bobo. Nem lembro como chama, mas são basicamente panquecas recheadas com doce de leite, servidas com calda de maracujá, geleia de frutas vermelhas e açúcar de confeiteiro.

Apesar de ser mais caro que os outros restaurantes da cidade, a conta não ficou nenhum absurdo e vale muito à pena ir ao Sumapuriwa pelo menos uma vez durante a estadia em San Pedro de Atacama pela possibilidade de experimentar a comida regional.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s