Terraço no 67° andar do Top of the Rock

Nova York – Top of the Rock

O Top of the Rock é um observatório que fica no telhado de um dos mais altos prédios de Nova York – o Comcast Bulding, do Rockefeller Center. É em uma área bem turística, perto da Times Square e do Central Park, e oferece uma bela vista de Manhattan e arredores, competindo com os passeios semelhantes do Empire State Building e do One World Trade Center. Eu recomendo escolher um ou dois desses passeios, já que são caros e fica meio repetitivo. Ainda não posso opinar sobre o One World Observatory, mas, comparado com o Empire State Building, o Top of the Rock tem algumas vantagens: o observatório é mais amplo; menos tempo de espera; vista panorâmica sem grades; e poder ver o Empire State Building, que não pode ser observado estando nele mesmo. 😛

Ingressos para o Top of the Rock
Ingressos para o Top of the Rock

É possível comprar o ingresso antecipadamente online, mas tem que ser com data e hora marcados e para esse tipo de passeio eu não gosto. Não dá pra confiar muito em previsão de tempo mais distante que poucos dias e aproveita-se muito mais a vista em um dia de sol, com o céu limpo. Então eu prefiro ver como está o clima no dia e decidir se quero subir ou não. A página até dá opção de comprar ingressos sem data definida, mas eles precisam ser retirados na bilheteria do local, então não vi muita vantagem – mesmo porque, nesse caso, você tem que pagar o IOF do cartão de crédito. Outra coisa que não recomendo é o combo Top of the Rock + MoMA, já que se tem opção de ir no museu de graça nas tardes de sexta-feira. Além disso, tem outro combo com uma visita guiada chamada Rockefeller Center Tour mas, como não faço questão, não peguei. No inverno também tem opção de comprar o observatório + patinação no gelo (ingresso e aluguel dos patins). Por último, há opções de fazer um upgrade no seu ingresso do observatório para subir duas vezes no mesmo dia, uma quando estiver claro e outra depois que anoitecer, para ver as luzes da cidade acesas, clareando a foto sobre a mesa e eu comigo aqui trancado nesse apartamentoooo (Leonardo. Leandro. 1991). Eu imagino que isso possa ser alcançado sem pagar mais se você fizer a visita perto do pôr-do-sol. No meu caso, peguei apenas a entrada do observatório e fui durante o dia.

Concourse do Comcast Building
Concourse do Comcast Building

Para comprar o ingresso basta entrar no prédio principal do Rockefeller Center, facilmente identificado por ser o maior e mais central na Rockefeller Plaza, e seguir as placas que indicam a bilheteria ou os terminais de auto-atendimento. Tem também a entrada principal pela 50th Street, entre a 5th e a 6th Avenues. Não peguei nenhuma fila para comprar ou para subir, quando eu fui estava super vazio, mesmo sendo verão, perto do feriado de 4 de Julho. Por questões de segurança, todos os visitantes passam por detectores de metais no estilo aeroporto – obviamente não é permitida a entrada com armas, facas ou objetos pontiagudos/cortantes. Depois tem umas exposições com fotos e objetos históricos do local, um vídeo de apresentação sobre as obras de arte presentes no Rockefeller Center e um espaço para tirar foto de souvenir que você pode trocar pelos olhos da cara comprar depois. Como não tinha fila nenhuma, passei por tudo isso rapidamente e peguei o elevador, que leva menos de um minuto para chegar até o topo.

Vista do andar superior do Top of the Rock
Vista do andar superior do Top of the Rock

O observatório do Top of the Rock é composto por três andares. No 67° andar, o espaço interno oferece cadeiras, loja de lembranças e abrigo em dias de chuva – mas eu nem recomendo fazer um passeio desse tipo sob essas condições, já que a visibilidade fica muito comprometida. Também nos 67° e 68° andares tem espaço ao ar livre, com vista através de uma proteção de vidro. Já no último e mais alto, o 70° andar, a visão não é obstruída por nada. Isso é possível porque ele é menor e recuado, de modo que se você resolver pular, só vai cair uns andares e não vai morrer espatifado lá na rua, então eles não se preocupam tanto em impedir que você faça uma loucura. Como é mesmo o terraço do prédio, bem mais aberto e amplo, e vende ingressos com hora marcada, o Top of the Rock é bem menos tumultuado que o Empire State Building.

Central Park visto do Top of the Rock
Central Park visto do Top of the Rock

Além de apreciar a vista em 360° e identificar os pontos turísticos pela cidade, não tem nada de muito interessante para se fazer nesses observatórios. Depois de ver tudo e tirar fotos, a coisa perde a graça e o negócio é descer e passar na loja para se chocar com os preços sempre exorbitantes desses lugares turísticos e, finalmente, ir embora com as mãos abanando. Eu sou desses que não se preocupa em comprar lembrancinhas de viagem, nunca fui obrigado!

Lunch atop a skyscraper | Autoria desconhecida
Lunch atop a skyscraper | Autoria desconhecida

Lunch atop a skyscraper, a foto mais famosa e histórica do Rockefeller Center, foi tirada em 20 de setembro de 1932, nos meses finais de construção do RCA Bulding ou 30 Rockefeller Center, atualmente chamado Comcast Building, que abriga o Top of the Rock. Onze homens em horário de almoço aparecem sentados em uma viga de metal a 256 metros de altura, no 69° andar do prédio, sem utilizar equipamentos de segurança. De acordo com historiadores, a foto foi programada com o objetivo de promover o novo arranha-céu, mas apresenta trabalhadores de verdade. A fotografia tem sido creditada a Charles C. Ebbets, desde 2003. Entretanto, a Corbis Corporation está, atualmente, retornando o seu status de autoria para “desconhecida”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s