Árvore de Natal no Rockefeller Center

Nova York – Rockefeller Center

O espaço onde se encontra hoje o Rockefeller Center foi comprado em 1928 com o objetivo de se construir um grande teatro. Com a crise da Bolsa em 1929 e diversos atrasos, o projeto acabou não saindo do papel. A dificuldade de conseguir investimentos para o empreendimento levou John D. Rockefeller a bancar o projeto, já com outros objetivos, através de empréstimos. A construção dos 14 prédios que formam o complexo, em estilo art deco comandado pelo arquiteto Raymond Rood, começou em 1930, sendo finalizado nove anos depois e tendo empregado mais de 40 mil trabalhadores. Hoje, o complexo conta com dezenove prédios comerciais.

Comcast Bulding, no Rockefeller Center
Comcast Bulding, no Rockefeller Center

Mas quando pensamos no Rockefeller Center, lembramos mesmo desse que é o prédio principal e mais alto do complexo, com 70 andares e 266 metros de altura – atualmente o 16° mais alto arranha-céu de Nova York e, não com muita surpresa, um dos mais famosos e reconhecíveis pontos turísticos da cidade. Concluído em 1933, esse edifício foi originalmente chamado RCA Building (1933 e 1988), depois GE Building (1988 a 2015) e Comcast Building (2015 – ?), mas também atende pelos apelidos de The Slab e 30 Rock.

Decoração de Natal do Rockfeller Center
Decoração de Natal do Rockfeller Center

No Natal, a “rua fechada” ou praça, que começa na 5th Avenue e vai em direção ao prédio, recebe uma decoração especial que chama a atenção pela iluminação e, principalmente, pela já tradicional árvore gigante ao fundo. Além disso, para aproveitar o inverno, o pátio inferior da Rockefeller Plaza passa a funcionar como pista de patinação no gelo. Informações e venda dos ingressos podem ser acessados nesta página. A praça também é famosa por sediar eventos diversos, como as celebrações do Ano Novo.

Escultura de Prometheus, na Rockefeller Plaza
Escultura de Prometheus, na Rockefeller Plaza

No verão, o espaço é ocupado por mesas do Summer Garden & Bar, cujos guarda-sóis podem ser vistos na foto acima. A escultura dourada Prometheus, exposta na fonte de água da Lower Plaza, foi criada pelo americano Paul Manship. A estátua de bronze mostra o titã grego trazendo o fogo para a humanidade. Na foto acima, podem ser vistas algumas das bandeiras que são dispostas em torno desse pátio, representando os países que fazem parte das Nações Unidas, os estados e territórios dos Estados Unidos ou outro tema definido de acordo com a estação, enfim, varia. Na mesma foto (que riqueza de informações em uma só imagem), logo acima da bandeira dos Estados Unidos, quase pode ser vista a escultura Wisdom, que fica em cima da porta principal de entrada do prédio. Criada por Lee Lawrie, ela representa o poder criativo do universo e acompanha a citação bíblica de Isaias 33:6, que diz “Wisdom and Knowledge shall be the stability of thy times”.

Escultura de Atlas, no Rockfeller Center
Escultura de Atlas, no Rockfeller Center

A estátua de bronze de Atlas fica na 5ª Avenida, na calçada oposta à St. Patrick’s Cathedral, e representa o antigo titã grego segurando o firmamento. Criada por Lee Lawrie com ajuda de Rene Paul Chambellan, a escultura de 14 metros e cerca de 7.000 kg, em estilo art deco, foi instalada no local em 1937. A direcional sul-norte da esfera apoiada nos ombros de Atlas aponta para a estrela Polaris, a North Star, como vista no céu de Nova York. Outras esculturas e obras de arte podem ser vistas expostas pelo Rockefeller Center, tanto na área externa quando no interior do prédio principal. Algumas delas são permanentes e outras ficam por um tempo determinado.

Lego Store, no Rockefeller Center
Lego Store, no Rockefeller Center

Outro ponto de interesse nessa praça são as lojas, como Teuscher Chocolates, Michael Kors, L’Occitane e, a minha preferida, a Lego Store. Em 1932, um carpinteiro dinamarquês começou a produzir brinquedos de madeira que, dois anos depois, levaram à criação da companhia chamada Lego, nome originado das palavras ‘leg godt’, que significam ‘jogar bem’. Os blocos de plástico coloridos que se encaixam começaram a ser comercializados na década de 1950, após uma série de evoluções do que era anteriormente produzido com madeira e, depois, com acetato de celulose. Na mesma época, começaram a ser produzidos os brinquedos com temas específicos, como cidade, espaço, robôs, piratas, trens, castelo, dinossauros, oceano e velho oeste. Os bonecos surgiram apenas na década de 70. As lojas The Lego Store vendem apenas produtos da marca. Agora com a alta do dólar não sei como está ficando a conversão, mas quando eu fui ainda valia a pena comprar os produtos lá do que no Brasil. O piso térreo do prédio também possui algumas lojas, como a La Maison Du Chocolat, Godiva Chocolatier e outras. O piso inferior possui mais lojas e opções de alimentação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s