4th of July fireworks

Nova York – 4th of July

Os americanos são um povo super patriota. E com razão. Afinal de contas, eles vivem no melhor país do mundo, com valores de justiça e amor ao próximo muito bem desenvolvidos por todos os seus habitantes e, principalmente, pelo governo – ironia detectada. Originalmente sob o domínio da Grã-Bretanha, os Estados Unidos se tornou independente no dia 4 de julho de 1776, durante a Revolução Americana. A data é comemorada por ser o dia em que o Congresso aprovou a declaração de independência, votada dois dias antes.

O dia é marcado por manifestações e festas em todo o país – é feriado nacional. As famílias costumam se reunir para fazer piqueniques ou churrascos ao ar livre, algo que presenciei no dia em que fui para o Central Park. Além disso, são realizados desfiles durante a manhã e queima de fogos a noite. A maior do país acontece em Nova York, promovida pela loja Macy’s e pode ser assistida pelo canal NBC. As informações sobre o horário e locais das queimas de fogos geralmente é disponibilizada em maio na página da loja.

Como eu estaria na cidade no ano passado (2015), resolvi conferir esse evento pessoalmente. As informações que eu encontrei na internet não ajudaram muito, para falar a verdade. Basicamente, a queima de fogos pode mudar de lugar de um ano para o outro, então precisa mesmo entrar no site da Macy’s para conferir o(s) endereço(s) e procurar no Google Maps. No ano passado foram três ou quatro barcos ao longo do East River, que separa Manhattan do Queens e do Brooklyn. Então tinha-se várias opções de locais para assistir à queima dos fotos, em qualquer uma das margens. Pelo que eu li, um dos melhores lugares seria o Brooklyn Bridge Park, já que tem um dos pontos da queima de fogos seria na ponte. Mas as dicas é que se deveria chegar cedo pois muitas pessoas vão horas antes para fazer piquenique e guardar lugar, isso me deu um pouco de preguiça. Outra opção seria pagar um cruzeiro e assistir do barco – acima de 100 dólares, o que inclui algumas horas de passeio e buffet, mas sem open bar. Por último, vi que as pessoas reservam restaurantes ou festas no terraço dos prédios.

Como eu estava hospedado em um hotel próximo ao Central Park e queria uma coisa mais prática, sem comprometer muito tempo do meu dia, preferi só pegar o metrô e descer algumas estações em direção ao sul de Manhattan, ir até a margem do rio e assistir à queima dos fogos de lá. Você vai meio seguindo um grande fluxo de pessoas que se dirige ao mesmo local, então não tem muito erro. Mas não dá pra deixar para sair de última hora porque tem todo um esquema de segurança para chegar aos locais com grande aglomeração de pessoas – provavelmente eles querem evitar ataques terroristas de homens bomba ou coisa assim. Há muitos policiais, barreiras de metal, ruas fechadas, etc. Mas, quando cheguei ao local escolhido – joga no google street antes pra conferir se tem uma boa vista do rio – não estava nada tumultuado.

A queima de fogos em si dura uns 20 minutos e, apesar de ser bonita, não é nada tão impressionante para quem já passou um reveillon nas praias brasileiras que realizam esse tipo de evento – e eu nem estou falando de Copacabana. Depois de terminados os fogos, não tem muito o que se fazer. Volta pra casa feliz por ter conferido o patriotismo americano, talvez até tendo presenciado alguém chorar de emoção.

A noite anterior ao 4 de julho também já foi utilizada para muitas comemorações de independência do país. Nesta data, era costume reunir pessoas em volta de uma fogueira, com as cidades competindo pela construção da mais alta. O recorde é da cidade de Salem, em Massachusetts, o que não deve ser uma grande surpresa, já que eles tem experiência nesse tipo de trabalho – o local ficou famoso pela execução de 13 mulheres e 6 homens acusados de bruxaria em 1692. A tradição de fazer fogueiras na noite de 3 de julho ainda persiste por lá, inclusive. Quedizê! ¯\_()_/¯


A foto de capa é da queima de fogos de 2008. Fotógrafo: David Shankbone.

Anúncios

One comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s