Union Square

Nova York – Union Square

A princípio utilizado para a fabricação de cerâmica, o espaço entre a Bloomingdale Road (atualmente Broadway) e a Bowery formava um ângulo agudo onde seria difícil erguer construções e por isso foi destinado a ser uma praça. Na década de 1830, quando o espaço estava cercado por terrenos vazios, o fundador do Bank of Commerce e desenvolvedor do Gramercy Park, Samuel Ruggles, convenceu a corporação a aumentar a área da praça e nomeá-la para Union Square. Uma fonte foi construída no centro da praça para receber água do Croton Aqueduct em 1842. Nos anos seguintes, a região começou a ser povoada de casas e as ruas próximas receberam calçamento. Nas décadas seguintes, a região passou a ser dominada pelo comércio.

Union Square por volta de 1870
Union Square por volta de 1870

O Rialto kkkkkkk, primeiro distrito comercial e teatral da cidade, assim denominado em referência ao bairro de Veneza, surgiu em volta da praça. Os teatros se localizavam principalmente ao longo da Broadway e eram mais frequentados pela classe média e alta. Já os espaços da Bowery atendiam, principalmente, aos imigrantes e à classe trabalhadora. Agências, fornecedores de figurinos, objetos de cena, perucas, cenários e outros produtos teatrais, restaurantes, hotéis e lojas cresceram em volta dos teatros. Depois as casas se mudaram mais para o norte, se instalando na região que ficou conhecida como Broadway. A praça também foi palco de diversas manifestações populares e políticas. Em 5 de setembro de 1882, em comemoração ao primeiro dia dos trabalhadores, cerca de 10.000 pessoas fizeram uma passeata pela Broadway e se concentraram na Union Square.

Greenmarket
Greenmarket

Em 1976, foi criado o Greenmarket para permitir que pequenos fazendeiros vendessem suas frutas, vegetais e outros produtos em mercados abertos. Na primeira feira, sete fazendeiros expuseram seus produtos e o estoque acabou ao meio-dia. Apesar das reclamações de vendedores e supermercados locais de que o Greenmarket iria interferir em suas vendas, outros mercados abertos surgiram na cidade. O Union Square Greenmarket, o mais conhecido deles, acontece nas segundas, quartas, sextas e sábados entre as 8 da manhã e as 6 da tarde durante todo o ano, chegando a servir 250.000 pessoas em semanas de grande movimento. A variedade de produtos é bem maior do que a encontrada em um supermercado convencional. São mais de 1.000 tipos de frutas, vegetais, produtos orgânicos e artesanais.

Barnes & Noble
Barnes & Noble

Ao redor da praça é possível encontrar diversas opções de alimentação, como a Max Brenner, o Chipotle Mexican Grill, o Pret a Manger, Mc Donald’s, Subway, Starbucks, Dunkin’ Donuts, TGI Fridays e vários outros cafés e restaurantes. Além disso, é um ótimo centro de compras com Babies ‘R’ Us, Staples, Best Buy em volta da praça e fica a apenas um quarteirão de distância da 5th Avenue, onde estão concentradas várias lojas de roupa como Zara, Banana Republic, Gap, H&M, Victoria’s Secret, etc etc etc. Eu gosto muito de ir na Barnes & Noble, que é uma livraria com vários andares; na Best Buy, onde dá para comprar eletrônicos bem mais baratos que no Brasil; e na Max Brenner, loja e restaurante especializados em chocolates artesanais.

Union Square Subway
Union Square Subway

O acesso à Union Square é muito fácil pois a estação localizada na praça é atendida pelos metrôs 5, 6, L, N, Q e R. Além disso, a poucas quadras dali está as estações da 14th Street com as linhas 1, 2, 3, A, C e E. A região ainda conta com vários teatros e cinemas, além de eventos realizados na própria praça.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s