Eataly de São Paulo

São Paulo – Eataly

Eat (comer) + Italy (Itália) = Eataly. O conceito foi criado em 2004, mas a primeira loja só abriu 3 anos depois em Turim, na Itália. Atualmente, existem 29 lojas espalhadas pelo mundo: 15 na Itália, 9 no Japão, 2 nos Estados Unidos, 1 em Dubai, 1 em Istambul e a mais nova em São Paulo \o/. A primeira loja da franquia na América Latina está localizada na Avenida Pres. Juscelino Kubitschek, 1489, em São Paulo. São 4.500 m2 de mercado com vários produtos de hortifrúti, laticínios, embutidos, queijos, carnes, pastas, pães, temperos, utensílios de cozinha, livros, cosmésticos e bebidas, espaço dedicado a workshops e eventos e vários pontos de alimentação. Só de lembrar já fico toda babada com água na boca.


 Ambiente ★★★★★

Visão geral do Eataly
Visão geral do Eataly

O espaço é bem aberto e arejado, com produtos e pontos de alimentação espalhados nos dois primeiros andares e o espaço para workshops e eventos no terceiro piso. Achei tudo bem limpinho, visualmente interessante, organizado, dá vontade de sair comprando tudo mas não tenho grana. As cozinhas dos restaurantes são abertas e é legal ver como os pratos são preparados.


Serviço ★★★★★

Tem funcionários espalhados pelo mercado, atendentes educados e bem informados nas lojas, pessoas pegando o nome nas bem organizadas filas de espera dos restaurantes (que já apresentam o menu na porta, então você pode decidir se quer mesmo ir naquele e o que comer antes mesmo de entrar), garçons eficientes… Enfim, achei o atendimento muito bom, nada a reclamar. Não são feitas reservas de mesa nos restaurantes, então recomendo chegar cedo para não ficar muito tempo esperando.

La Pasticceria, no Eataly
La Pasticceria, no Eataly

Preço ★★★★★

A ideia do local é que você possa comer nos restaurantes,fazer workshop para aprender a cozinhar e comprar os ingredientes se quiser fazer em casa. Os preços dos cursos e outros eventos podem ser encontrados na página oficial, eu dei uma olhada e achei justo. Os produtos variam muito porque tem desde os ingredientes mais simples até aqueles mais coxinha sofisticados e, consequentemente, caros. Mas estão de acordo com o que é oferecido. Para o almoço eu escolhi o restaurante de massas La Pasta e comprei a sobremesa no La Pasticceria, nada muito abusivo.


Comida ★★★★★

Mercado com produtos selecionados no Eataly
Mercado com produtos selecionados no Eataly

Os ambientes do Eataly são separados por segmento. Por exemplo, para comer uma pasta você deve ir ao La Pasta, refeições vegetarianas são servidas no Le Verdure, para os carnívoros uma opção é o La Carne, quem curte frutos do mar pode ir ao Il Pesce, o café é servido no La Caffetteria, as sobremesas no La Pasticcerie e por aí em diante. Tem opção para todos os gostos. Para o almoço eu fui no La Pasta, onde comi bem e tomei um vinho com bom preço. A sobremesa foi no primeiro andar, no La Pasticceria, e também estava bem gostosa. Para conferir todos os restaurantes, acesse a página do Eataly. Além de fazer a refeição no local, tem vários produtos no mercado, com destaque para as massas frescas, queijos, embutidos, hortifrúti selecionado, bebidas, produtos importados e artesanais.


Resumo ★★★★★

Cheguei cedo ao Eataly e tive tempo de passear pelo mercado, dar uma olhada no cardápio dos restaurantes e ficar pouco tempo na fila do La Pasta, enquanto esperava abrir. As refeições não foram caras, considerando a qualidade da comida e do serviço. Recomendo demais e quero voltar mais vezes para experimentar outros pratos. Queria agora, inclusive.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s