Retrospectiva das leituras de 2022

Retrospectiva 2022 – Literatura

Se tem uma área em que eu fiquei devendo muito esse ano foi na leitura de livros. O meu tempo acabou ocupado por outras coisas, como a quantidade de séries que comecei a assistir e aprender novas línguas com um aplicativo no celular. Ainda assim, a parte literária não passou totalmente em branco e vale a pena ser registrada.


A ridícula ideia de nunca mais te verRosa Montero (https://amzn.to/3UPVDHr)

Não sei se já aconteceu com vocês, mas eu resolvi ler esse livro simplesmente porque passei por ele e achei o título bonito. Assim, sem ter nenhuma informação da autora ou do conteúdo. Foi uma grata surpresa, já que se trata de uma reflexão tocante sobre a morte e, sobretudo, retrata as ligações estabelecidas com as pessoas que passam pelas nossas vidas. Além disso, a leitura me permitiu conhecer bastante sobre a fascinante vida de Marie Curie, física e química que conduziu pesquisas revolucionárias sobre a radioatividade. Anotações em seu diário levaram a autora repensar sua própria vida, já que havia passado recentemente pelo trauma de perder seu marido.


A amiga genial

Série napolitanaElena Ferrante

No ano passado eu tinha lido e gostado muito de Dias de abandono, um mergulho existencial na dor de uma mulher de meia idade que foi trocada por uma jovem. Como eu ia viajar para a Itália esse ano, resolvi conhecer o trabalho mais famoso da autora. A série é formada por quatro romances que narram o relacionamento afetivo e conflituoso de duas amigas, desde a infância até o fim da vida. Além das perspectivas pessoais, os livros tratam das consequências da guerra mundial no país e as transformações sociais das décadas seguintes. Eles devem ser lidos nessa ordem: A amiga genial (infância e adolescência); História do novo sobrenome (juventude); História de quem foge e quem fica (tempo intermédio); e História da menina perdida (velhice).


Lendo um livro no Kindle
Lendo um livro no Kindle

Além das versões impressas, é possível ler essas obras no Kindle, dispositivo que permitir carregar uma quantidade enorme de livros em um aparelho cuja bateria dura por vários dias, tem uma tela que não cansa os olhos, dá acesso imediato a dicionários de significado e tradução, marca e compila trechos e outras vantagens. Tenho aproveitado para fazer algumas dessas leituras nas línguas originais em que foram escritas, o que ajuda muito no aprendizado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s