Casa do Baile

Belo Horizonte – Casa do Baile

A construção do Conjunto Arquitetônico e Paisagístico da Pampulha, realizada durante o governo do prefeito Juscelino Kubitschek, impulsionou a implantação da arquitetura moderna em Belo Horizonte e sua consolidação no cenário nacional. O projeto de Oscar Niemeyer composto por quatro edifícios, com paisagismo de Roberto Burle Marx e obras artistas como Cândido Portinari, transformou a região em um grande ícone da modernidade no Brasil e nas Américas.

Fachada da Casa do Baile
Fachada da Casa do Baile

A Casa do Baile foi projetada para abrigar o salão com mesas, pista de dança e um pequeno restaurante. A estrutura foi inaugurada em 1943 e logo se tornou palco de apresentações musicais e eventos dançantes. Apesar de parecer circular, a estrutura é, na verdade, a junção de duas circunferências. A parede, assim como as outras obras do Conjunto Moderno da Pampulha, é coberta com azulejos nas cores branca e azul.

Salão da Casa do Baile
Salão da Casa do Baile

O salão foi idealizado para proporcionar espaço para a dança. Um dos mais famosos frequentadores era o próprio Juscelino Kubitscheck, conhecido pelo prazer que encontrava na vida boêmia. Como era de se esperar de um local assim, o público era formado por pessoas da alta sociedade, já que os preços cobrados estavam longe de populares.

O público que jogava no Cassino, atual Museu de Arte da Pampulha, atravessava o lago de barco para encerrar a noite na Casa do Baile. A proibição de jogos em 1946, que resultou no fechamento do Cassino, acabou refletindo sobre a vizinha Casa do Baile, que encerrou suas atividades em 1948. A partir de então, o espaço foi utilizado para fins comerciais. Nos anos 1980, funcionou como anexo do Museu de Arte da Pampulha e, na década seguinte, abrigou um restaurante, mas acabou fechado novamente.

Marquise no jardim da Casa do Baile
Marquise no jardim da Casa do Baile

A Casa do Baile era considerada por Oscar Niemeyer sua obra predileta pois, segundo o próprio arquiteto, a marquise sinuosa que acompanha os limites da ilha e emoldura o espelho d’água formava um espaço cenográfico singular, expressão ideal da forma livre por ele sempre perseguida. Diferente das demais construções do complexo arquitetônico da Pampulha, a Casa do Baile está implantada em uma pequena ilha artificial, ligada à orla por uma pequena ponte. O projeto estrutural é do engenheiro Albino Froufe.

Jardim da Casa do Baile
Jardim da Casa do Baile

Do edifício em circunferência se desprende a marquise, que se destaca pela simplicidade e singeleza das curvas. A sustentação é feita por colunas expressivas que se encerram no pequeno volume de forma ameboide revestido por azulejos decorados. À frente desse espaço há um pequeno palco circular cercado por um espelho d’água que faz parte do jardim de projeto paisagístico de Burle Marx. Toda a área externa possui calçada portuguesa.

Auditório da Casa do Baile
Auditório da Casa do Baile

Em 2002, a Casa do Baile foi reaberta como Centro de Referência de Urbanismo, Arquitetura e Design, administrada pela Fundação Municipal de Cultura da Prefeitura de Belo Horizonte. A proposta é organizar, documentar e valorizar os espaços construídos e simbólicos da cidade, além de objetos que se tornaram referência na vida cotidiana de nossa sociedade. O centro recebe exposições temporárias, divulga publicações e promove seminários, encontros e outros eventos. O auditório com capacidade para 53 pessoas foi equipado com recursos multimídia e a ilha digital disponibiliza acervos documentais a pesquisadores e ao público em geral.

Lagoa da Pampulha vista da Casa do Baile
Lagoa da Pampulha vista da Casa do Baile

Além da arquitetura e das exposições, a visita à Casa do Baile é proveitosa para aproveitar a paisagem da Lagoa da Pampulha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s