Nova York, em 1873

Nova York – Senta que lá vem história

Nova York ou New York ou Nova Iorque1 é a cidade mais famosa dos Estados Unidos. É a mais populosa do país. É um enorme centro de compras, artes, moda, entretenimento, tecnologia, turismo, negócios, educação. Tudo. Big apple. Cidade que nunca dorme. Cosmopolita. Onde você pode sair pelado, com uma melancia na cabeça e cantando ♫ aserehe ra de re de hebe tu de hebere seibiunouba mahabi an de bugui an de buididipi 2 ♫ que ninguém vai reparar em você. Exaustivamente retratada em filmes, séries, músicas, fotos, etc. Essa mega exposição cria uma expectativa muito grande para quem vai visitá-la, o que pode gerar tanto deslumbramento como frustrações diversas. Mas uma coisa não se pode negar: Nova York realmente oferece opções para turistas de todos os gostos. Agora senta que lá vem história3.

Originalmente, a região era povoada por nativos norte-americanos quando, em 1524, foi descoberta por Giovanni da Verrazano, um explorador florentino a serviço da coroa francesa. A ocupação só começou em 1614, quando se criou uma colônia holandesa de comércio de peles no sul de Manhattan, que seria chamada de Nova Amsterdã (Nieuw Amsterdam). O nome atual só veio em 1664, quando a cidade foi entregue aos ingleses e rebatizada pelo Duque de York e Albany. Aconteceram várias guerras, epidemias de febre amarela – a mais grave, em 1702, matou 10% da população – e um grande incêndio que destruiu ¼ dos edifícios da cidade, em 1776. Fato é que Nova York, localizada em um ponto estratégico, cresceu como importante ponto comercial enquanto esteve sob o domínio britânico.

Nova Amsterdã, em 1660 - Parte sul de Manhattan
Nova Amsterdã, em 1660 – Parte sul de Manhattan | Foto: Wikimedia Commons

A Revuloção Americana só teve fim em 1783, com Nova York sendo nomeada a capital do país dois anos depois. Em 1789, tomou posse o primeiro presidente dos Estados Unidos, George Washignton. O século seguinte marcou a transformação da cidade devido à chegada de muitos imigrantes, os planos de desenvolvimento que alargaram as ruas de Manhattan, a abertura do Canal de Erie para ligar o Oceano Atlântico aos mercados agrícolas do interior, o ativismo abolicionista pela libertação dos escravos e a construção do Central Park.

Nova York, em 1873
Nova York, em 1873 | Foto: Wikimedia Commons

Nova York chegou à sua formação atual em 1898, com o Brooklyn e as regiões que hoje compreendem o Bronx, Queens e Staten Island se unindo a Manhattan. Poucos anos depois foi inaugurado o metrô, que ajudou a conectar toda a cidade. Na primeira metade do século XX, Nova York já era um centro mundial para a indústria, comunicação e comércio. A contínua imigração de pessoas fez com que Nova York se tornasse, em 1920, a área urbanizada mais populosa do mundo. A sua região metropolitana ultrapassou os 10 milhões de habitantes em 1930, tornando-a a primeira megacidade da história. O fim da Segunda Guerra, da qual a cidade saiu incólume, fez dos Estados Unidos uma potência econômica e política evidente no mundo. Além disso, a ascensão do expressionismo abstrato na cidade tornou Nova York um centro mundial de arte. Na década de 1960, a crise econômica e o aumento da criminalidade se tornaram evidentes. A superação veio a partir da década de 1980, com um fortalecimento da indústria e aumento da presença policial. A cidade ainda foi marcada, em 11 de setembro de 2001, pelo atentado terrorista ao World Trade Center, quando morreram cerca de 3000 pessoas.

Nova York, em 2015
Nova York, em 2015

1 Sei que é correto, mas eu detesto.
2 Rouge.
3 Informações retiradas de diversas fontes na internet.

Anúncios

3 comments

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s